Com vocês, Champ, um cãozinho que tem uma vida pra lá de divertida!

Ele está ficando conhecido na web como o cachorro mais feliz do mundo. Champ, assim se chama, é um Golden Retrivier de 10 anos bastante fotogênico. Numa série tocante, a jovem Candice Sedighan clica o cão em diversas situações, deixando clara a vida feliz que ele leva.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu gosto bastante de captar a verdadeira essência dos cachorros, de como eles estão sempre tão felizes”. Com Champ, diz sua dona Candice, essa tarefa é fácil, porque “ele está sempre radiante de felicidade”.“Isso pode realmente ser visto nas minhas fotos”, diz Candice.

Fonte: Hypeness

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,562,206SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal adota 6 irmãos que passaram 5 anos em orfanato

O casal Steve e Rob Anderson-McLean, da Pensilvânia, EUA, adotou seis irmãos que passaram 1.640 dias em um orfanato. Steve e Rob estão juntos há 18...

Professor faz desafio e aluno chora ao ligar para irmã pra dizer: “Eu te amo!” [VÍDEO]

A ideia do professor promoveu a reconciliação de Gustavo com sua irmã: "A ideia de brigar com ela me faz mal".

Estudante vende jujubas no semáforo para cuidar da mãe com câncer e realizar sonho de se formar

A Tarcila é uma sonhadora de 32 anos que vende jujubas nos semáforos de Mangabeira-João Pessoa para se sustentar, pagar sua faculdade de educação...

Jason Momoa envia tridente do Aquaman para fã de 7 anos com câncer e faz convite especial

Jason Momoa encheu o Danny de felicidade há algumas semanas, quando fez uma videochamada para conversar com ele, que é um super fã do...

Estudo sugere que lembranças boas ajudam a combater doenças como depressão e ansiedade

Pensar nas lembranças boas da vida é um poderoso antídoto para doenças como a depressão e ansiedade, sugere um estudo de pesquisadores da Universidade de Liverpool.

Instagram