Comissária de bordo acolhe e ‘oferece amor’ à passageira em um momento de profunda tristeza

A atitude de uma comissária de bordo com uma passageira que estava passando por um momento delicado foi muito além de ser gentil e oferecer informações.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A jornalista Patrícia Calderón, de 45 anos, estava viajando de Fortaleza para São Paulo para visitar uma tia, que era como se fosse uma mãe para ela, e que estava muito doente. As três horas e meia de voo foram angustiantes, mas foram amenizadas pelo carinho que ela recebeu da comissária de bordo.

Apoie um trabalhador autônomo nessa crise e faça sua doação no Mercado Solidário. Clique aqui para contribuir!

Patrícia saiu às pressas durante a noite do Ceará para visitar a tia que estava muito mal. Toda a aflição fez com que a jornalista caísse no choro durante o voo. A comissária Gabriela Collyer percebeu o sofrimento da passageira e ajudou durante todo o trajeto de todas as formas que podia.

A Gabriela me acolheu num momento de profunda tristeza. Eu não sabia ainda se encontraria minha tia (minha segunda mãe) viva ou morta. Foram as 3 horas e meia mais angustiantes da minha vida, e a Gabi me ofereceu amor“, relatou Patrícia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comissária de bordo dividiu o próprio lanche com a passageira

Gabriela soube que Patrícia estava sem jantar e, além dos biscoitinhos do serviço de bordo que são ofertados a todos os passageiros, a comissária dividiu o seu próprio lanche com Patrícia. Que atitude hein, mas não foi só isso.

“Ela compartilhou comigo um sanduíche de atum (que era dos comissários). Além do sanduíche, ela ainda preparou um lanchinho para que eu não ficasse com fome durante o meu trajeto do aeroporto até a casa dos meus pais. Passava da meia-noite, e ela se preocupou com isso”, disse a jornalista.

Nossa, gente! Que sensibilidade dessa comissária. 😍

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

E dentro da sacolinha com o lanchinho ainda tinha um bilhete escrito pela Gabriela. Vê só quanta empatia:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

https://www.facebook.com/patricia.calderon.357/posts/10212633871920236

As comissárias e os comissários de bordo costumam lidar com muitas situações e a empatia é essencial. É como a atitude da comissária que escreveu um bilhete com todas as dicas para uma passageira surda no seu primeiro voo.

Infelizmente, Patrícia perdeu a sua tia, mas toda a atenção e todo o envolvimento de Gabriela ajudaram a confortá-la. “Infelizmente, encontrei minha tia morta. Mas o carinho que recebi desta moça, que enxugou as minhas lágrimas no avião, me fez acreditar no ser humano e na empatia que transbordou em mim“, disse.

Antes de entrar no avião, Patrícia também já tinha contado com a ajuda de outra funcionária da LATAM Airlines, a Deiviane, que agilizou tudo para que ela conseguisse pegar o voo mais rápido. “Para essas duas mulheres, que desempenham lindamente a profissão delas, o meu mais profundo afeto e gratidão”, finalizou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: @calderonjornalista

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotos de idosos que mostram que a criança interior não tem idade

Não há nada melhor do que ver velhinhos super joviais fazendo traquinagens de crianças. Veja abaixo essas fotos que provam que não há idade...

Bombeiros pagam aluguel e conseguem doações para idosa que perdeu casa em incêndio

Um incêndio destruiu completamente a casa de uma idosa, em Barreiras (BA). Sensibilizados pela tragédia, um grupo de bombeiros decidiu ajudá-la de uma maneira...

Após curar-se de um câncer, esse jovem resolveu cuidar do corpo e vira fisiculturista

Zach Zeiler foi um menino que teve sua adolescência atrapalhada por um câncer. Porém os obstáculos impostos pela vida não serviram para abalar sua...

Menina de 4 anos doa medula óssea e salva a vida do irmão

Eli Vasquez nasceu com síndrome de Hurler, uma doença genética em que o corpo não produz uma enzima necessária para digerir o açúcar. Esse...

Dentista fecha consultório para cuidar de cães abandonados

O grego Theoklitos Proestakis abriu um abrigo para acolher cães abandonados por seus antigos donos em razão da crise financeira que vive a Grécia....

Instagram

Comissária de bordo acolhe e 'oferece amor' à passageira em um momento de profunda tristeza 1