Como criar um produto com alta tecnologia e preço acessível aos brasileiros

Muitas pessoas, principalmente os mais jovens, se perguntam como era possível viver sem acesso à internet há algum tempo atrás. Mas acreditem, as pessoas se encontravam, conversavam e se divertiam mesmo sem comunicadores instantâneos e redes sociais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas não dá para negar o quanto tudo isso ajuda a vida moderna, certo? Podemos falar com nossos amigos a qualquer hora e de onde quisermos; conhecemos pessoas novas com os mesmos interesses; fazemos pesquisas sobre qualquer assunto; compartilhamos informações e conhecimentos, etc. Pena que as facilidades dos smartphones ainda não estão acessíveis a todos os brasileiros. Mas, pela iniciativa de alguma fabricantes de celular, isso é uma questão de tempo.

E, por nós defendermos que a tecnologia também deve ser uma ferramenta social, que potencializa mudanças positivas no mundo, queremos falar um pouco sobre o smartphone top de linha da companhia chinesa Alcatel Onetouch: o IDOL 3, único smatphone do mercado com tela 100% reversível e qualidade de som JBL. Já viram algo assim?

O IDOL 3 vem em dois tamanhos idênticos ao da Apple (4.7 e 5.5 polegadas). Ele oferece uma experiência de som em 3D, com dois alto-falantes frontais e um fone de ouvido com qualidade JBL, um dos melhores do mercado. Possui tela 100% reversível, câmera de 13 megapixels e um design simétrico e ultrafino. Ou seja, não importa qual o lado que vc atenda seu telefone, todos os recursos estarão à sua disposição!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A versão 5.5 (que ainda não chegou ao mercado brasileiro) tem Full HD, um Qualcomm Snapdragon octa-core 615, com arquitetura 64-bit, 2GB de RAM, 16GB ou 32GB de armazenamento, dual-SIM opcional e uma bateria mais robusta, com 2.910 mAh.

O aparelho não deixa nada a desejar em relação aos produtos concorrentes e seus preços salgados. Outra grande vantagem do IDOL 3 é que ele é fabricado no Brasil, na fábrica de Manaus da Alcatel Onetouch, ou seja, consegue chegar ao consumidor a um preço bem mais acessível do que a maioria e tem um pós venda bem bacana e rápido.

Mas, vale destacar que tudo que é demais, pode fazer mal. Por isso o uso da tecnologia deve ser moderado. Quando usado demais, há alguns riscos como: o afastamento da realidade, o desligamento do convívio e da interação, o entretenimento permanente e a incapacidade de lidar com o ócio, a perda de criatividade e a redução da capacidade de concentração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vozinha pede para Alexa tocar Amado Batista e vídeo fofo viraliza na web; assista

Dona Delcina Maria de Jesus tem 87 anos e fez aquela amizade sincera com a Alexa! A idosa não acompanha de perto as novidades...

Casal faz festa para seu cãozinho e arrecada ração para abrigo de animais. A roupinha dele é a melhor!

Patrick é um cão da raça Galgo Italiano e, no último final de semana, completou 1 aninho. Os tutores Alice Bertolli e Lucas Tozo...

Foto de vovô segurando neto autista de 17 anos no colo emociona internautas

Certas fotos são capazes de transmitir, de uma vez só, sentimentos, histórias e lembranças únicas entre diferentes pessoas. Nesta semana, uma imagem viral de um...

Conheça os fones de ouvido sustentáveis cuja bateria tem duração maior que 30 horas!

Os fones de ouvido Exodus são o primeiro lançamento da House of Marley em sua nova linha de produtos de áudio ecologicamente corretos. Confie em mim quando digo...

Voluntários levam cestas básicas para moradores de favelas que passam fome: coronavírus

A falta de trabalho por conta do isolamento social pelo coronavírus já atinge em cheio moradores de favelas e áreas mais pobres. Saiba como ajudar.

Instagram