Como o autoconhecimento pode te levar a fazer escolhas melhores

Do Zenklub*

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fazer escolhas, das mais inofensivas às mais complexas, causam angústia pelo medo que muitas pessoas têm de assumir responsabilidades e arcar com as consequências de suas escolhas. Mesmo assim, não escapamos de fazê-las.

Você pode até não perceber, mas diariamente somos obrigados a tomar uma série de decisões: que roupa vestir, por qual caminho seguir, o que devemos responder, o que vamos almoçar e por aí vai. De acordo com o professor assistente de Gestão e Liderança na Roberts Wesleyan College, Joel Hoomans, estima-se que tomamos cerca de 35 mil decisões inconscientes por dia (das quais 226.7 delas são sobre comida, segundo estudos da Universidade Cornell).

Uma das maneiras de tomarmos decisões mais assertivas é saber melhor quem somos e o que queremos de cada situação que vivenciamos. “O caminho do autoconhecimento envolve uma postura de reflexão, e não estamos acostumados a usar o tempo para tomar consciência de nós mesmos”, diz no artigo intitulado “Se conhecer dá trabalho (mas vale a pena)” a psicóloga, coaching e facilitadora de mindfulness Claudia Comaru, que atende por videochamada no Zenklub.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a psicóloga, é muito importante saber como lidamos com as situações difíceis, desde as mais simples até as mais complicadas. “Se observar bem, você perceberá que tende a tratar as frustrações de forma semelhante. Existem pessoas que ruminam o ocorrido por dias, lembrando da sua atitude com uma grande carga de culpa. Já outras sabem que poderiam ter agido diferente, mas seguem em frente com as costas tão leves quanto antes”, explica.

Quando tomamos consciência de quem somos e o que queremos, até as nossas escolhas se tornam mais enriquecedoras. A psicóloga Rayanne Pacheco Gun, que atende por videochamada no Zenklub, explica: “Todos nós vivemos em busca de nos aproximar do que faz bem e nos afastar do que faz mal, no entanto nem sempre temos o conhecimento necessário para entender qual caminho nos levará para um lado ou para o outro” e completa: “É então que o autoconhecimento se mostra imprescindível. Identificar as escolhas que nos farão mal nos possibilita a construção um futuro melhor. Da mesma forma, saber onde se quer chegar é a ferramenta necessária para fazer escolhas certas.”

Existem algumas atividades que podem ajudar nessa busca pelo autoconhecimento:

1. Permita-se perceber: se escute mais

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aprender a dizer não, ouvir os seus desejos e ter controle sobre eles são atitudes que precisamos ter todos os dias. Aprender a identificar sinais de cansaço físico e mental, atos que costumam passar batido em nossa rotina de shares, likes e respostas rápidas, podem nos ajudar a nos entender melhor. A psicóloga Rayanne Pacheco Gun orienta: “Um ponto de partida interessante é passar a observar que situação ou pensamento antecedeu a um momento de tristeza ou felicidade.Depois de dar início a esse processo, ou mesmo se tiver dificuldade de começar sozinho, recomenda-se um processo de psicoterapia ou orientação psicológica. O profissional da psicologia possui técnicas e está capacitado para apoiar, otimizar e tornar o processo mais fácil”,

2. Ler

Vários livros ajudam quem quer se conhecer melhor a dar o primeiro passo para tomar consciência dessa jornada. Se você gostaria de algumas dicas de leituras para começar, pode ler esse post aqui.

3. Experimentar o novo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se desafie fazendo coisas pela primeira vez: indo a um lugar que nunca visitou porque acha hype demais ou velho demais ou mesmo experimentando algum alimento do qual você não gostava quando criança e nunca mais comeu. Você pode se surpreender.

4. Fazer Psicoterapia

A psicoterapia é uma das formas mais eficazes de se conhecer melhor. Se consultar com um psicólogo abre possibilidades de analisar sentimentos, pensamentos e comportamentos recorrentes que nos levam a tomar sempre as mesmas decisões frente a situações semelhantes. “O processo de autoconhecimento pode ser doloroso, assim como qualquer processo de mudança, já que sempre se ganha por um lado e se perde ou deixa de ganhar por outro. Um bom profissional da psicologia pode acompanhar esse processo dando apoio e respeitando o limite subjetivo de cada um, tornando-o menos doloroso. E é importante ressaltar que a falta de autoconhecimento também causa dor. A cada dia aumenta o número de diagnósticos de depressão, que inclusive é o tema desse ano da campanha da Organização Mundial da Saúde”, afirma Rayanne.

* O Zenklub é uma plataforma que promove bem-estar e democratiza o acesso ao atendimento psicológico com consultas por vídeo-chamada. Possui mais de 80 psicólogos ativos e produz conteúdo sobre saúde menta

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,368FãsCurtir
1,907,147SeguidoresSeguir
9,289SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

ONG cria pias portáteis para moradores de rua lavarem as mãos

Um dos grupos mais afetados pela pandemia de coronavírus é o dos sem-teto. E não é para menos! Sem acesso a medidas básicas de saúde,...

Instagram