Como o simples ato de fechar uma rua está ressignificando a infância?

banner reserva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nós temos a falsa ideia de que, para mudar o mundo precisamos fazer coisas extraordinárias. Mas a mudança se dá em pequenas atitudes! O mundo começa a melhorar, conforme damos o primeiro passo e, assim, sucessivamente, como uma onda, outras pessoas se inspiram em pequenas atitudes, que juntas possuem um poder transformador maior do que podemos imaginar!

A cidade de Bristol, no Reino Unido é um grande exemplo disso! Tudo começou quando, uma mulher, Alice Ferguson, teve a ideia genial de fechar sua rua, uma vez por semana, durante algumas horas. Isso acontece todas as terças-feiras, quando os carros são proibidos de entrar nessa rua, que acaba virando um parque de diversões a céu aberto. Não é somente as crianças que se beneficiam com isso, mas os adultos também, já que é uma oportunidade de fazer amizade com os vizinhos. Já reparou que muitas vezes, nem sabemos o nome de nossos vizinhos? Isso não soa estranho? Não seria melhor se todo mundo fosse amigo e vivesse em harmonia? Essa rua agora é assim!

Alice afirma que, essa atitude é um verdadeiro antídoto contra o isolamento infantil e a obesidade. As crianças que brincam juntas na rua, aprendem a conviver com outras crianças e adquirem um senso de comunidade, o que não ocorre quando ficam trancadas em casa. Esse modelo está fazendo tanto sucesso, que várias outras cidades começaram a incorporar. Afinal, existe coisa melhor do que brincar ao ar livre?

Abaixo você pode assistir o vídeo na íntegra, produzido pela emissora BBC.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

 

Créditos: Reprodução Facebook / BBC

barra reserva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bailarina surda cria técnica através da vibração do som e continua dançando

Wilmara Marliére é bailarina e, desde criança, esse sempre foi seu sonho. Como todo sonho, pra vencê-lo, ela teve de vencer várias batalhas. A...

Neta desenha no papel comandos do celular para avô aprender mandar áudios e acessar banco

Desbloquear o celular com a digital, achar o aplicativo desejado, mandar a mensagem e bloquear o aparelho. Para muitas pessoas estas pode ser tarefas...

Mãe de 51 anos se torna barriga de aluguel da filha. “Feito com muito amor e um pouco de ciência”

A história de Breanna Lockwood de Chicago, Illinois, e da mãe, Julie Loving, nos mostrou que o amor de mãe realmente não conhece limites. Breanna...

Há 20 anos empresa de ônibus do RS leva crianças de graça na escola

Se para alguns jovens e crianças ir à escola é uma tarefa simples e sem maiores complicações, para outros pode ser um pouco mais...

Brasileira viaja pela Ásia dando aulas de inglês para crianças em troca de acomodação

Letícia viajou por 6 meses sozinha dando aulas de inglês para crianças, monges, agricultores e policiais na Tailândia, Camboja e Vietnã.

Instagram