Como uma “simples” caixa de papelão está ajudando a diminuir a mortalidade infantil

Em 2014, três pais finlandeses fundaram uma empresa para distribuir “uma caixa de papelão” que o país dá para as mamães gratuitamente desde o início do século 20. A caixa com presentes para os bebês ajudou a diminuir significativamente a mortalidade infantil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

160404205123_caixa_bebe_2_624x351_bbc_nocredit

Ela contém itens extremamente úteis nas primeiras semanas de vida do recém-nascido: roupas, pijama, gorro, sapatinhos (em cores neutras), além de fraldas, babadores, produtos de banho, toalhas e até um álbum fotográfico. Além de tudo, a caixa pode ser usada como berço, pois ela vem com um pequeno colchão.

A ideia ganhou admiradores no mundo todo e começou a ser replicada em países como o México, África do Sul, Reino Unido, Estados Unidos e Canadá.

160404183638_baby_box_640x360_finishbabyboxcompany_nocredit

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Buscamos gerar uma maior proteção para os bebês na Cidade do México, principalmente os que vivem na pobreza“, diz Gamaliel Martínez Pachecho, diretor-geral do Sistema para Desenvolvimento Integral da Família da capital mexicana, departamento encarregado do projeto “Cunas CDMX” (cuna significa berço, em espanhol).

Uma doutoranda da Universidade de Harvard Karima Ladhani replicou a ideia para o sul da Ásia. Ela desenvolveu o projeto “Barakat Bundle” (barak significa “benção” em alguns idiomas da região), que entrou em vigor em um hospital rural da Índia.

160404205149_caixa_bebe_3_624x351_bbc_nocredit

“Queremos oferecer às novas mães soluções de baixo custo para salvar vidas ao combater as causas evitáveis de mortalidade infantil e materna”, afirma Ladhani.

A caixa finlandesa também foi replicada no hospital Queen Charlotte’s and Chelsea, em Londres, em colaboração com a empresa americana Baby Box. Serão dadas 600 caixas às mulheres que derem à luz neste hospital nos próximos meses.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

160404132302_baby_box_usa_624x351_babyboxco

“Partimos do pressuposto de que as pessoas têm dinheiro para comprar um moisés ou um berço, mas nem sempre é o caso”, diz a ginecologista Karen Joash, conselheira obstetrícia do programa.

Seria bem legal se a ideia fosse replicada por aqui, não é mesmo?

finland-baby-box-nice-500x333 Baby-box_1453241532094_1846389_ver1.0_640_360 Nature-Fox-Finnish-baby-Box-with-Elephants-1000x380 babybox-2-web babybox-3-web babybox-1-web

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via [BBC BRASIL]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,562,206SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jornalista provoca candidata no Peru com pergunta em francês e recebe resposta em quechua

Quem fala o que quer, ouve o que não quer! Durante  entrevista à emissora Fuente Latina, o jornalista e advogado Aldo Mariátegui, conhecido por sua posição de...

Cliente arrecada US $ 27 mil e ajuda funcionário de drive-thru a voltar para universidade

Vocês já ouviram aquela história que a união entre as pessoas alcança limites extraordinários? É o caso do Vishnu Gopansothilingan, um jovem que acredita...

Marca cria “cápsula do tempo” de sementes para pais agricultores passarem a seus filhos

E se você pudesse guardar algo muito significativo para você, para que seus filhos possam desfrutar no futuro? A Massey Ferguson, empresa que está há...

Dia de Doar Agora celebra marca de R$ 4 bilhões doados na pandemia

Hoje é o Dia Doar Agora! Mas, perai... você sabe o que é o Dia de Doar Agora? Em 2012, nos EUA, a terça-feira seguinte à...

Após vaquinha do Razões, Fantástico homenageia enfermeiro que dormia em terraço

A história do Ildo repercutiu após publicarmos uma vaquinha na VOAA para ajudá-lo.

Instagram