Azul ajuda mulheres no tratamento do câncer de mama com passagens aéreas gratuitas

A educadora Zaira Marliza Leite da Silva, 42 anos, de Ponta Porã (MS), estava decidida a desistir do tratamento do câncer de mama quando percebeu que não teria condições de pagar pelo transporte para o acompanhamento em Barretos (SP), no Hospital de Amor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando ela tinha perdido as esperanças, foi contemplada pelo projeto Conexão Azul Rosa da companhia Azul. Em abril deste ano, ela fez a sua segunda viagem a Barretos, dando continuidade ao seu tratamento sem a preocupação de como voltaria para casa.

“Pude admirar o céu a noite sem me preocupar com a incerteza do dia seguinte. Eu continuaria com o tratamento, que de certa forma era a garantia que eu tinha de permanecer viva”, relatou Zaira ao Razões.

mulher com câncer de mama olhando a janela de um avião
Foto: Reprodução/Vídeo Conexão Rosa Azul

O diagnóstico do câncer de mama

No final de 2018, a educadora recebeu o diagnóstico de câncer de mama no grau 3. Ela iniciou o tratamento em Campo Grande (MS), mas, para ter uma segunda opinião médica, conseguiu uma consulta no Hospital de Amor, em Barretos, e iniciou o seu tratamento lá, em dezembro do ano passado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu tinha comigo uma certeza de que no Hospital de Amor eu receberia todo o atendimento e tratamento necessários para a minha recuperação física e psicológica.

Foto: Arquivo Pessoal

Em Campo Grande, ela enfrentou mastectomia e a quimioterapia. No Hospital de Amor, ela pôde fazer a radioterapia num aparelho moderno, onde sentia menos dores.

“Na hora que eu soube que o resultado era esse e não tinha como eu fugir, foi como se a minha respiração parasse… foi como aqueles sonhos em que a gente se afoga, sabe?”, contou.

O projeto da Azul a resgatou!

Porém, depois de 29 radioterapias e dois meses longe de casa, Zaira pensou seriamente em desistir do tratamento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dali 30 dias eu teria que voltar a Barretos, mas eu não tinha mais dinheiro para a passagem do retorno e continuidade do tratamento. Eu e a minha família tínhamos enfrentado tantas dificuldades que definitivamente o caminho mais fácil seria desistir de tudo”, relatou.

mulher com câncer de amam entre dois profissionais do hospital
Foto: Arquivo Pessoal

Ela procurou a assistente social do Hospital e contou que não conseguiria continuar com o tratamento. Foi quando a assistente contou do projeto Conexão Azul Rosa.

“Voltamos para casa. Durante uns 10 dias, eu e meu marido não dormíamos, estávamos preocupados de como retornaríamos a Barretos. Quando finalmente recebemos a ligação de que havíamos sido contemplados com o projeto!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mulher com câncer de mama ao lado do marido
Foto: Arquivo Pessoal

O voo que devolveu a sua esperança <3

Em abril, ela e o marido voltaram voltaram a Barretos com o projeto Conexão Azul Rosa. A experiência devolveu a ela a esperança e a vontade de viver!

“É muito bom saber que na vida existe pessoas do bem, por isso vale a pena viver, lutar, sonhar e voar.”

mulher com câncer de mama entre piloto e aeromoça
Foto: Arquivo Pessoal

mulher com câncer de mama sentada em avião
Foto: Arquivo Pessoal

Ela também relatou que a viagem fez um bem danado ao casamento. “Nós não nos falamos muito durante a viajem, mas nós nos olhamos nos olhos quase que o tempo todo”, relembra.

No começo deste mês ela pegou mais uma viagem a Barretos e dezembro já tem sua viagem agendada pelo Projeto.

“Estou sempre em tratamento, faço hormonioterapia, exames trimestral, trato a dor crônica do lado da cirurgia (de 5% a 10% de mulheres podem desenvolver essa síndrome no localizada), faço acupuntura e tratamento paliativo para dor (para fibromialgia pós-trauma), tudo no Hospital de amor.”

mulher com câncer de mama ao lado do marido e emfrente ao avião da Azul
Foto: Arquivo Pessoal

mulher com câncer de mama ao lado do marido em avião
Foto: Arquivo Pessoal

O projeto Conexão Azul Rosa

Realizado desde 2018, o projeto Conexão Azul Rosa, em parceria com o Hospital de Amor em Barretos, ajuda mulheres no tratamento do câncer de mama com passagens aéreas gratuitas.

A ação é realizada durante o mês de prevenção ao câncer de mama, Outubro Rosa.

“Estamos muito felizes com essa iniciativa, pois sempre foi nosso desejo fortalecer ainda mais nossa atuação social na campanha do Outubro Rosa. Queríamos ir além do nosso papel de informar. Queríamos usar o poder da aviação para ajudar a ligar pessoas e propósitos. Foi então que, junto com o Hospital de Amor, construímos o projeto, que esperamos expandir para mais cidades e para mais mulheres”, explica Claudia Fernandes, diretora de Marketing e Comunicação.

aeromoças e pilotos vestidos de rosa em frente ao avião rosa para o mês Outubro Rosa
Foto: Divulgação

A parceria com o Hospital de Amor também será ampliada para englobar outras vertentes focadas em prevenção, detecção precoce e tratamento da doença, como por exemplo, o transporte de cirurgiões para mutirões que acontecerão eventualmente na unidade do Hospital de Amor em Porto Velho (RO) e para o deslocamento de equipes técnicas para realização de capacitações e treinamentos na unidade de Barretos.

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

beija-flor

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Covid-19: motorista de app leva idosos para se vacinar de graça na Rocinha (RJ)

Um motorista de aplicativo decidiu levar idosos da Rocinha (RJ) aos postos de vacinação contra o coronavírus sem cobrar nada.  Sabendo que muitos idosos teriam...

Ladrão se arrepende e devolve pertences com bilhete de desculpas

A auxiliar de serviços gerais Eva da Silva Alves, 36 anos, foi abordada por um homem que exigiu todos os seus pertences no bairro Jardim...

Mãe adotiva tem ideia maravilhosa para trabalho de escola da filha que pediram “foto da barriga”

Esta matéria foi publicada originalmente no site Tudo Sobre Minha Mãe e gostaríamos de dividir com vocês. Algumas situações nos apresentam desafios, mas Junya Sant...

Neta desenha manual para ensinar avó a usar o seu primeiro smartphone

A estudante mexicana Tabahta Gonzalez compartilhou em sua conta do Twitter um manual bem detalhado que ensina a avó dela a usar o seu...

Empresa alemã lança tênis 100% vegano feito de sobras de café

Uma marca de tênis da Alemanha apresentou recentemente um inovador modelo de calçado produzido com grãos de café reaproveitado, lançando um tênis 100% vegano...

Instagram