Confeiteiro de 14 anos sonha em abrir ateliê e “ganhar o mundo” fazendo bolos em Campo Grande (MS)

Desde pequeno, o estudante Guilherme Mendes, 14 anos, é apaixonado em fazer bolos e outros quitutes. Pela internet, ele descobriu praticamente tudo que precisava saber para ser um confeiteiro de mão cheia!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há dois anos, Gui tem se esforçado ao máximo para criar os bolos mais incríveis. Seu sonho é um dia ter seu próprio ateliê de doces em Campo Grande (MS).

No seu perfil do Instagram, ele compartilha com os seguidores dezenas de receitas, técnicas e imagens dos bolos confeitados.

Confeiteiro de 14 anos sonha abrir ateliê e "ganhar o mundo" fazendo bolos em Campo Grande (MS)
Foto: Arquivo pessoal

Surpreende que, apesar da tenra idade, o adolescente já seja tão desenvolvido na profissão. Claro que não foi um caminho fácil, mas Guilherme conta que aprende rápido: “Eu sempre gostei muito de comer bolo. Comecei a ver vídeos na internet, tentei fazer e não deu certo. Continuei tentando, evolui e até que chegou no que é agora”, explicou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sua primeira receita bem-sucedida foi para o aniversário do primo, há cerca de dois anos.

“Foi um bolo com recheio tradicional de chocolate branco. Era só para a família, por isso, era um bolo simples”, disse. Dali em diante não parou mais, fazendo bolos cada vez mais desafiadores e difíceis, como o red velvet. Olha só:

#1

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Guilherme (@guilhermemendes49)

#2

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Guilherme (@guilhermemendes49)

#3

#4

#5

#6

Para o confeiteiro, a maior dificuldade em seu ramo não é o ponto da massa perfeita do bolo, mas sim o momento de decorá-lo. “A receita eu sempre tive praticidade, mas confeitar não. São vários tópicos, o primeiro é o ponto do chantilly, que foi uma dificuldade pra mim”.

Acertando o chantilly, o passo seguinte é acertar a dosagem e distribuição do creme. “A minha primeira bailarina não era profissional, depois comprei uma e ajudou demais”, relembrou.

Depois de anos vendo vídeos na internet para aprender, agora Gui pode contar com alguém para melhorar suas habilidades e seguir treinando. “Quando é feriado eu vou para a padaria da sogra da minha tia treinar”, disse.

O adolescente está no primeiro ano do ensino médio e, por enquanto, diz que só faz bolo para seus familiares – e alguns amigos mais chegados – experimentarem.

“Toda minha escola sabe praticamente que eu faço bolo”, destacou.

Confeiteiro de 14 anos sonha abrir ateliê e "ganhar o mundo" fazendo bolos em Campo Grande (MS)
Jovem faz bolos confeitados e com decorações. (Foto: Arquivo pessoal)

Ao portal CG News, Guilherme confidenciou que adora acompanhar realitys sobre confeitaria e revelou as suas maiores inspirações dentro do ramo. “São duas confeiteiras, a Beca Milano e a Maricota. Com a Mari aprendi a maioria das coisas que sei até hoje, ela ensina muitas receitas e técnicas”.

Enquanto não termina o ensino médio, ele já sonha com o futuro e faz planos no médio prazo. “Eu não sei de onde veio esse interesse por bolos, mas depois que descobri fiquei fascinado. Meu sonho é ter uma loja de bolo, um ateliê aqui na cidade”, concluiu.

Você pode seguir o Gui no Instagram e acompanhar dicas sobre seus bolos clicando aqui.

Confeiteiro de 14 anos sonha abrir ateliê e "ganhar o mundo" fazendo bolos em Campo Grande (MS)
Na internet, ele compartilha as receitas com os seguidores. (Foto: Arquivo pessoal)

Quer ver mais uma história inspiradora? Dá o play!

Fonte: CG News

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professora cria caderno de elogios para melhorar a autoestima de alunos

Uma forma de ensinar baseada no afeto e na empatia. 🙂

Asilo prepara surpresa para idosa que sonhava em ver a neve pela última vez [vídeo]

A idosa Helen Kennaway vive no asilo St Richard’s Hospice, no Reino Unido, e tinha o sonho de ver a neve pela última vez....

Com dinheiro de corridas, motorista faz faculdade de psicologia para atender usuários da Cracolândia de SP

Com horário certo para entrar e outro para sair nas empresas de telemarketing por onde passou, Juliana dos Santos, de 34 anos, decidiu se...

Menina de 2 anos apaixonada por caminhões de lixo viraliza na web; veja o vídeo

Para muitas crianças, seus ídolos estão na tela do cinema, da TV e até na internet. Não para a pequena Chloe Corrêa Ruck, 2 anos,...

Colegas de trabalho doam rins aos maridos uma da outra: ‘Precisavam de transplante urgente’

As enfermeiras Susan Ellis e Tia Wimbush são amigas e colegas de trabalho em um hospital infantil de Atlanta, nos EUA, há mais de...

Instagram

Confeiteiro de 14 anos sonha em abrir ateliê e "ganhar o mundo" fazendo bolos em Campo Grande (MS) 1