Conheça a minifazenda no meio da cidade que produz 3 toneladas de alimentos orgânicos por ano

“Ser sustentável ou não ser, eis a questão!”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Muitos veículos de comunicação ou até mesmo as pessoas acabam pintando a sustentabilidade como algo de outro mundo, supercomplicado e inatingível, hummm, como Engenheiro Ambiental formado acredito que não é bem assim, acredito que “o simples resolve tudo”, como dizia a música “Irmão da Lua” de Renato Teixeira.

Vamos tomar como exemplo a alimentação saudável, que dizem que para ser saudável você tem que comprar muitas coisas light, orgânicas (e nesse ponto estão certos) e etc e que você vai gastar rios de dinheiro, mas e se simplificarmos? E se plantarmos nossos temperos e algumas frutas como morangos, que podem ser plantadas até em apartamentos, não estamos sendo mais saudáveis sem gastar nada a mais? E se substituirmos cada vez mais o supermercado pela feira, não estaremos sendo mais saudáveis e quem sabe gastando menos? Acredito que sim.

O exemplo a seguir é incrível, ele mostra o poder de ser a mudança no mundo e como as soluções podem ser mais simples do que parecem, conheça a Fazenda Urbana dos Dervaes, que se trata de uma minifazenda altamente produtiva, localizada em Pasadena, há 15 minutos de Los Angeles. A área total é de aproximadamente 810 m², tirando casa e garagem, sobram cerca de 400 m² onde são produzidas mais de 3 toneladas de alimentos orgânicos por ano, o suficiente para oferecer 90% da alimentação da família e ainda gerar renda extra através da venda do excedente.

Olhem quantos paradigmas este caso confronta, primeiro ele dá um ótimo exemplo de sustentabilidade, gerando alimento local e orgânico, ou seja, sem impactos ambientais de logística e de agrotóxicos, segundo eles provam que alimentos orgânicos não são esse bicho de sete cabeças onde os riscos e custos são altíssimo e a produção baixíssima, “jamais sendo suficiente para alimentar pessoas em larga escala”. Fazendo uma rápida comparação com a Cana-de-Açúcar que segundo o site Canal do Produtor, na safra de 2013/2014 teve produtividade de 74,1 toneladas por hectare, o que seria equivalente há 2,96 toneladas por ano nos mesmos 400 m² da minifazenda dos Dervaes, ou seja, talvez a monocultura, além de não ser boa para o solo, pode também não ser uma questão de eficiência alimentar, talvez seja somente sobre lucro desmedido mesmo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enfim, o projeto dos Dervaes começou pequeno e hoje é um caso de sucesso mundo afora, contando até com um curta-metragem premiado (que você confere abaixo). Eles também criam galinhas e abelhas para o consumo de ovos e mel orgânicos e seguem uma dieta vegetariana, sinceramente, em tempos como os nossos onde muito se prega mas não muito se faz sobre sustentabilidade, os Dervaes são um exemplo fantástico. Para encerrar deixo com vocês uma reflexão do criador do projeto Jules Dervaes:

Eu descobri que temos que resolver o problema dos alimentos, porque produzir o seu alimento o fortalece, na verdade, creio que produzir alimentos é uma das atividades mais perigosas do mundo, porque você corre o risco de se tornar livre


casa hortapasadena51920560_635877429816296_1847474277_n402354_258918094178900_183323975_nhortapasadena2  hortaurbanapasadena

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após anos de pesquisa, cientista de Cambridge está a um passo da cura da esclerose múltipla

Uma cientista da Universidade de Cambridge está a um passo da cura da esclerose múltipla, graças às células imunológicas que podem ser 'reinicializadas'.

Fotógrafo com deficiência cria vaquinha virtual para registrar a Paralimpíada Rio 2016

Foi dada a largada para a Paralimpíada do Rio de Janeiro 2016 nesta quarta-feira (7), com uma cerimônia de abertura que emocionou o mundo...

“Eu fui de uma sem-teto à dona da minha empresa de maquiagem com foco na cultura indígena”

Eu cresci em uma fazenda de uma pequena cidade fora de Yuma, no Arizona. Eu sou a mais velha de quatro irmão e nossa...

Vilarejo na Uganda recebe água potável pela primeira vez e reação de moradores é de pura alegria

Para os 500 moradores do vilarejo de Namwiwa, na Uganda, ter água potável jorrando do poço é mais que um motivo para comemorar. O...

Instagram