Conheça o primeiro ar-condicionado sem eletricidade

O que para nós é comum, como eletricidade, internet, água corrente e limpa, comida, para outros é luxo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E em alguns lugares, estas privações tornam-se um problema ainda maior por causa das altas temperaturas.

É o caso das cerca de 28 mil pessoas que vivem em Daulatdia em Bangladesh, empilhadas em casebres sem água corrente, com temperaturas que passam de 45ºC.

E com boa vontade, criatividade e custo quase zero, criaram o primeiro ar-condicionado sem eletricidade.

A invenção é feita com um pedaço de papelão duro e uma série de garradas plásticas recicladas. São feitos furos no papelão, que são preenchidos com os fundos e os pescoços das garrafas cortadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois de finalizado, o painel é colocado na frente da porta ou janela. O efeito refrigerador é imediato e pode refrescar um espaço interno em mais de doze graus celsius negativos.

Isso acontece pois o ar quente entra as garrafas pelo lado de fora e depois manda um ar mais frio pra fora pela passagem do fino pescoço.

E, claro, além de trazer este alívio aos moradores da aldeia, também incentiva a reciclagem através da coleta de materiais.

Agora, confira o vídeo que mostra como funciona:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

47b91540a1797dbde65f646ef4431b7d-800x450

79ef863a4556011d6ef855e650b4fd80-800x450

93d75c7574d939feacca9f3e8ae441de-800x450

772bad7fb843d4e98abd84365d757f69-800x450

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

481012586ba913246b3d5c0f002f182a-800x450

a12395544d9ee35f872820038654af48-800x450

dc0e7ec4fba3e14743618f7c4550499f-800x450

Fonte: Não Acredito

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Tapeceiros fazem sofás ecológicos com material tirado do lixo

"Onde as pessoas veem um monte de lixo, eu vejo uma montanha de dinheiro", diz o piauiense Diolindo Souza, 43 anos e há 15 tapeceiro.

Projeto do RJ que leva energia solar para favelas é finalista em prêmio global da ONU

Os finalistas do prêmio Jovens Campeões da Terra na América Latina e Caribe, organizado pela ONU foram divulgados na segunda-feira (20) e entre eles...

Em seu último dia de quimioterapia, mulher é surpreendida com 500 flores coloridas por seu marido

Era o último dia de quimioterapia de norte-americana Alissa Bousquet. Se por esse motivo ela já estava muito feliz, após longo e difícil tratamento contra...

Professor se monta de drag para falar sobre gênero e sexualidade aos alunos de cursinho

O professor de português Jonathan Chasko, do cursinho pré-vestibular oferecido pela Unioeste, em Cascavel, Paraná, vê a sala de aula como um espaço onde...

Empresa de tecnologia cria dragão robótico único para menina que superou o câncer nos EUA

Um pedido despretensioso de uma adolescente com câncer virou uma verdadeira obra de obra tecnológica de uma empresa americana. A jovem Belle Cress, 14 anos,...

Instagram