Conheça os policiais de Bogotá que cuidam de cães de rua

0
1286

Estima-se que existem 45.000 cães e gatos de rua na cidade de Bogotá, na Colômbia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por conta do elevado número, foi dado ao Centro de Zoonoses de Bogotá a tarefa de fazer a vigilância, controle e prevenção de zoonoses entre os animais de rua da cidade.

Isso quer dizer um programa cruel que não envolve adoção ou esterilização, apenas sacríficio, sendo a meta pelo menos 400 cães e gatos por semana (uma estimativa de 25.000 por ano).

Mas nem todos estão satisfeitos com essa solução e passam a dedicar parte de seus dias tentando aliviar o sofrimento dos animais.

Exemplo disso são os policiais que dão o seu tempo livre uma vez por semana para alimentar e cuidar de cães de rua. Esses homens fazem esse gesto de amor em uma das áreas mais perigosas de Bogotá.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Tenente Andrey Trujillo, que adotou um cão de rua, começou esta iniciativa não oficial. Ele acredita que Beto, o seu companheiro canino amado, tenha cerca de dois ou três anos de idade. No início ele estava “doente, desnutrido, muito nervoso, e muito tímido.”

Depois disso, Trujillo resolveu motivar seus colegas a irem com ele ajudar outros animais. O departamento de polícia de Bogotá lhes forneceu um veículo para este trabalho, enquanto eles compram alimentos e remédios do próprio bolso.

Eles vão sempre acompanhados por Beto.

Bogota2

Bogota4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bogota8

Screen Shot 2015-08-27 at 1.09.29 PM

Screen Shot 2015-08-27 at 1.09.36 PM

Fonte: O Grito do Bicho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.