Conheça a primeira marca de cosméticos a reciclar 100% dos resíduos de suas embalagens

Antes de abrir o próximo pacote de biscoitos ou a próxima bebida, olhe a embalagem mais uma vez. Pode ser que a sua marca favorita ganhe ainda mais pontos com você. Afinal, ela pode ser uma das primeiras marcas no Brasil a se comprometer com a reciclagem das embalagens que coloca no mercado, evitando elevar ainda mais as estatísticas alarmantes sobre a produção de lixo no país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Harah Cosmetics foi a primeira marca de cosméticos a adotar o selo eureciclo, desempenhando um papel fundamental na preservação do meio ambiente e na preocupação com a sustentabilidade do planeta e incentivando o desenvolvimento da indústria de reciclagem do país. Somos um exemplo de marca de cosméticos que investe em sustentabilidade. Temos como missão desenvolver produtos buscando o equilíbrio entre inovação e ingredientes naturais, e que sejam sofisticados sem tornar a rotina de quem os usa mais complicada. Todos os produtos são avaliados dermatologicamente e não são e nunca serão testados em animais, garantido pelo selo CrueltyFree.

Graças ao engajamento de empresas como a Harah, o selo Eureciclo conseguiu aumentar em até 35% a renda de trabalhadores na cadeia de reciclagem, garantir a formalização de dezenas de recicladores e rastrear milhares de toneladas de resíduos sendo oficialmente reciclados. O resultado do carinho da Harah ao desenvolver produtos é ser reconhecida como a primeira empresa de beleza do Brasil a ter o equivalente a 100% dos resíduos sólidos de suas embalagens reciclados.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se quiser saber mais sobre a EuReciclo,cujo selo eureciclo foi criado pela startup New Hope Ecotech em 2016 e funciona da seguinte forma: as marcas informam quantas toneladas de plástico, vidro, papel ou metais geraram com a venda dos seus produtos e o selo eureciclo calcula o passivo ambiental equivalente. Com base nesse valor, as marcas pagam pelo serviço ambiental de forma proporcional à quantidade de embalagens que vendem. O pagamento pelo serviço é destinado às cooperativas de reciclagem que comprovam que estão operando formalmente e reciclando materiais equivalentes aos das embalagens. Assim, as empresas recebem o selo que é inserido em suas embalagens para informar ao consumidor o engajamento com a reciclagem.

Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,400,451SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Hospital nos EUA permite presença de cão durante cirurgia de menina de sete anos

Kaelyn Krawczyk, de apenas sete anos, é portadora de mastocitose, uma doença cujos portadores costumam apresentar sintomas como urticária, inchaço, náuseas e falta de...

Casa feita de papelão é mais barata e pode durar até cem anos

Você deve estar com uma pulga atrás da orelha e pensando: como, se papelão não é resistente? Pois, um design inovador transformou essa fragilidade...

Shopping reutiliza 7 milhões de litros de água por mês com tratamento de esgoto

O Shopping Anália Franco, em São Paulo, instalou uma estação de tratamento de esgoto (ETE) para produzir água de reuso. A iniciativa visa reduzir...

Após ser humilhado por miss, entregador ganha moto de presente

A miss gravou um vídeo debochando do entregador que estava de bicicleta. Após viralização, internautas formaram uma linda rede de solidariedade.

Médico apaixonado por música usa a própria casa como escola de música para jovens em SC

O médico Luiz Felipe Nobre transformou a paixão pela música em um projeto social.

Instagram