Contrariando médicos e com dor, Fernando Leme conquista Ouro ao lado do irmão nas Paralimpíadas

Os atletas das Paralimpíadas são a prova viva de que a cada dia têm uma superação maior em suas vidas. Numa conquista inédita, o Brasil venceu a Coreia do Sul na disputa da Bocha de duplas mistas BC3. Quem levou o ouro foi Evelyn Oliveira, Evani Soares e Antonio Leme, ao lado de seu irmão e calheiro Fernando Leme, que para conquistar esse sonho, contrariou recomendações médicas, passando por muita dor até chegar ao pódio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cena dos dois comemorando após o título é, no mínimo, emocionante. Depois de controvérsias na arbitragem, a conquista do ouro foi celebrada com Fernando erguendo Antonio, o Tó, de sua cadeira, rolando no chão e se abraçando. Vendo assim, não conseguimos nem imaginar que o calheiro está, na verdade, com a intenção de se despedir do esporte que o fez um campeão olímpico.

fernando-leme2

Fernando vive à base de remédios fortes por conta de uma osteoartrose bilateral de quadril, doença degenerativa da articulação. Nos últimos quatro anos, o atleta foi um rebelde do qual nos orgulhamos: desobedeceu todas as indicações médicas para praticar a Bocha e seguir ao lado do irmão, a quem acompanha nos jogos desde 2010. Em 2013, se tornou calheiro de Antonio, que tem paralisia cerebral e se destaca no esporte mundial. Agora, ambos carregam uma medalha de ouro no peito, dedicada ao pai Sebastião Leme, que faleceu em fevereiro.

Após o jogos paralímpicos, ele precisa urgentemente de uma cirurgia para o enxerto de uma prótese no local, que o permitirá andar por mais 10 ou 15 anos. O procedimento é delicado pois nem todos os organismos aceitam a substituição e ele pode, um dia, ir para a cadeira de rodas. Ele e a família vão decidir os próximos passos, embora clinicamente alegue que não tem mais condições de realizar partidas. Todo o esforço valeu a pena, seja pela medalha ou pelo sorriso no rosto do irmão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

fernando-leme

fernando-leme3

fernando-leme4

Fotos: Danilo Borges/Brasil2016.gov.br

fernando-leme5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Agência Brasil

Sabia que você pode ajudar a monitorar sintomas de doenças diariamente e com isso ajudar na prevenção, tratamento e mapeamento de casos de uma região? O app Guardiões da Saúde te auxilia nisso, conheça aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Neta irá receber presente da avó sete anos após ela ter morrido em Joinville

"Quando na vida poderia imaginar que nossa Amora teria um presente da vovó Marcia?"

Mãe cria cenários interativos com giz de cera para entreter filhas na quarentena

Uma mamãe norte-americana apostou no giz de cera para entreter suas duas filhas em idade escolar em meio à quarentena provocada pelo Covid-19. Stacy Lazzara,...

Estudante arrecada dinheiro para sem-teto que ofereceu suas moedas para ela conseguir pegar um táxi

A estudante inglesa Dominique Harrison-Bentzen resolveu morar um dia nas ruas com o objetivo de arrecadar dinheiro para um morador de rua - que...

Enfermeiro faz arte com frascos de vacina contra covid para arrecadar fundos à associação no Canadá

O enfermeiro Shawn Toovey, 51 anos, enxergou no que para muitos é lixo uma oportunidade de fazer arte e, de quebra, ajudar a Associação...

Após susto, empresário curado da Covid-19 converte escritório em hospital gratuito

O empresário indiano do ramo de imóveis Kadar Shaikh deu uma linda prova de que não estamos no mesmo barco, senão, na mesma tempestade,...

Instagram