Artista reproduz obras icônicas usando apenas sacolas plásticas

Clique e ouça:

A cerveja Corona, junto com a Parley for the Oceans, deu um grande passo dentro do seu projeto de mobilização contra a poluição marinha pelo plástico: a reprodução de obras icônicas feitas com sacolas plásticas, assinadas pelo artista e ativista Eduardo Srur.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o mote “Qual legado vamos deixar para o mundo?”, a iniciativa recriou obras de mais de 100 anos, como a Monalisa e o Grito, somente com sacolas plásticas. Assim, os colaboradores da ação mostram que a matéria prima usada nas obras dura na natureza tanto quanto obras-primas da história da Arte e como esse material impacta negativamente o meio-ambiente.

Ajuda para construir casa pra idoso que vive em condições desumanas

A exposição começou no Dia Nacional da Arte, na Avenida Paulista, em São Paulo, entre os dias 12 e 18 de agosto. Algumas obras foram leiloadas e a renda foi revertida para o Cataki, aplicativo de descarte de resíduos em centros urbanos.

Artista reproduz obras icônicas usando apenas sacolas plásticas 1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Isso tudo com o objetivo de conscientizar e envolver a população da maior cidade do país, além de seus visitantes, na luta contra o uso e descarte incorretos de plástico. Anualmente, mais de oito milhões de toneladas de lixo plástico são despejadas no mar em todo mundo, impactando todo o ecossistema marinho.

Leia também:

“São Paulo é a cidade mais populosa da América do Sul e recebe milhares de visitantes diariamente e sabemos do potencial que isso representa para o combate ao plástico nos oceanos. E essa parceria com Eduardo Srur é o primeiro passo para que essas pessoas se envolvam ainda mais com a causa, já que os paulistanos também têm um papel fundamental de agente de mudança para ajudar a proteger nossos paraísos”, afirma Bruna Buás, diretora de marketing de Corona.

Artista reproduz obras icônicas usando apenas sacolas plásticas 2

“Se estas obras estão a mais de 100 anos na história da civilização, o plástico que você joga na natureza também estará. O oceano é a mãe de todos os rios, portanto o plástico que jogamos nas ruas de São Paulo irá para os nossos poluídos rios metropolitanos que deságuam no mar”, diz Srur.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A criação é do Draftline, estrutura interna da Ambev para criação de conteúdo em redes sociais, formada por profissionais de marketing da Ambev e times das agências Mutato e Soko.

Sobre Corona x Parley

O projeto global Corona x Parley foi lançado em 2017 e já promoveu mais de 500 ações de limpeza de praia, com 25.808 voluntários em 15 países. No Brasil, acontece desde fevereiro de 2019 e promoverá mais de 20 limpezas de praias e ativações de conscientização e engajamento em diversos paraísos naturais do país. Para saber mais sobre o projeto e saber como fazer parte, acesse aqui.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fotos: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,075,532FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,534SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Depois da formatura, ela foi até o trabalho de seu pai, que é pedreiro, para agradecê-lo

Se tem uma coisa que a paraguaia Yudit Romero reconhece é o sacrifício que o pai fez para lhe dar a melhor educação possível. Don...

Instagram

Artista reproduz obras icônicas usando apenas sacolas plásticas 15