Corredor de ultramaratona adota cachorrinha que correu com ele 123 quilômetros

O ultramaratonista Dion Leonard ganhou a companhia de uma cachorrinha enquanto corria a ultramaratona de 250 km no deserto de Gobi, na China. A cadela correu 123 km do percurso ao seu lado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gobi, como foi batizada pelo seu novo dono, completou quatro das seis partes da prova que durou sete dias. Ela correu os últimos 10 km à frente de Dion e o aguardou na linha de chegada.

Dion cuidou da segurança de Gobi durante a prova inteira e chegou a levá-la no colo para atravessarem rios juntos. No final, ele decidiu que levaria a cachorrinha para casa, em Edimburgo, na Escócia.

O processo de adoção demoraria quatro meses e custaria 5 mil libras. Dion conseguiu levantar o dinheiro com uma campanha de financiamento coletivo, chamada “Tragam Gobi para casa”. Ele criou páginas e perfis nas redes sociais para divulgar a causa.

Ele já recebeu mais de 18 mil libras de doação, mais do que precisava para adotar a cachorrinha. O restante do dinheiro será doado para abrigos de cachorros abandonados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1470845419089

Dion_Leonard_maratona_cadela_gobi_02

Dion_Leonard_maratona_cadela_gobi_04

1470845419088

Com informações do Estadão

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,089,429SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem de 19 anos se forma em 1º lugar na Escola de Sargentos

Raquel Silva agora é a 3º Sargento Rosa e com todas as honras que lhe cabe. A jovem de 19 anos, se formou em...

STJ define que homossexuais podem adotar crianças de qualquer idade

O STJ negou um pedido do Ministério Público do Paraná que queria impedir uma pessoa de adotar crianças de até 3 anos.

CEO da GAP vai atualizar produtos da marca após reclamação de menina de 5 anos

O que as outras empresas podem aprender com esse episódio?

Conheça a primeira transexual registrada em um time feminino de vôlei no Brasil

Uma grande vitória contra o preconceito, no país que mais mata transexuais no mundo!

Brasileira recebe prêmio da ONU por invenção que transforma água da chuva em potável

A estudante Anna Luisa Santos, 21 anos, inventou um dispositivo capaz de tornar a água da chuva em potável, sem qualquer risco de contaminação...

Instagram

Corredor de ultramaratona adota cachorrinha que correu com ele 123 quilômetros 4