Corredor de ultramaratona adota cachorrinha que correu com ele 123 quilômetros

Clique e ouça:

O ultramaratonista Dion Leonard ganhou a companhia de uma cachorrinha enquanto corria a ultramaratona de 250 km no deserto de Gobi, na China. A cadela correu 123 km do percurso ao seu lado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gobi, como foi batizada pelo seu novo dono, completou quatro das seis partes da prova que durou sete dias. Ela correu os últimos 10 km à frente de Dion e o aguardou na linha de chegada.

Dion cuidou da segurança de Gobi durante a prova inteira e chegou a levá-la no colo para atravessarem rios juntos. No final, ele decidiu que levaria a cachorrinha para casa, em Edimburgo, na Escócia.

O processo de adoção demoraria quatro meses e custaria 5 mil libras. Dion conseguiu levantar o dinheiro com uma campanha de financiamento coletivo, chamada “Tragam Gobi para casa”. Ele criou páginas e perfis nas redes sociais para divulgar a causa.

Ele já recebeu mais de 18 mil libras de doação, mais do que precisava para adotar a cachorrinha. O restante do dinheiro será doado para abrigos de cachorros abandonados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1470845419089

Dion_Leonard_maratona_cadela_gobi_02

Dion_Leonard_maratona_cadela_gobi_04

1470845419088

Com informações do Estadão

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,027,174FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
12,021SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram