Corredor Daniel Grace sobe pico com o filho que tem paralisia cerebral nas costas

O corredor Daniel Pinto Pereira, 46 anos, fez muita gente chorar carregando seu filho, Isaac, até o topo do ‘Pico da Bandeira’ (2.890 metros), no domingo (23). O garoto de 10 anos tem paralisia cerebral, hidrocefalia e epilepsia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Daniel Grace, como é conhecido, teve que abandonar as provas para atletas profissionais seis anos atrás, por conta de uma hérnia de disco, segundo o site Gazeta Online. O pai de Isaac passou por nove cirurgias e a colocação de três peças de platina.

“O médico me proibiu de correr. Neste período, comecei a trabalhar em Santa Margarida. Cidade pequena e sem nada para fazer, acabei conhecendo Isaac”, contou Daniel.

corredor sobe pico filho paralisia cerebral costas
O corredor Daniel Grace carregou Isaac nas costas durante toda a subida

Depois de se divorciar da ex-mulher, o corredor acabou conhecendo a mãe de Isaac. Desde então, eles vivem grudados e hoje disputam provas pelo país juntos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

corredor sobe pico filho paralisia cerebral costas

A babá dele me dizia que quando ele me via, até levantava a cabeça. Comecei a caminhar com ele e via o quanto ele gostava. Um amigo me convidou para uma corrida com ele e assim tudo começou”, disse ele.

corredor sobe pico filho paralisia cerebral costas

Uma prova dessa parceria, e do amor incondicional de um pelo outro, foi subida até o Pico da Bandeira, o terceiro ponto mais alto do Brasil, na divisa de Minas Gerais com o Espírito Santo.

Daniel carregou o menino nas costas durante o percurso. Quatro horas e dezessete minutos de caminhada, sob um sol escaldante, com pequenos intervalos de 15 minutos de descanso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A página do Facebook Portal Caparaó compartilhou o relato de Daniel:

“A todos que estavam subindo o Pico da Bandeira, naquelas trilhas desafiadoras, pessoas de várias partes do mundo, que me ajudaram com água, lanche, apoio moral, grito de incentivo, um frio e ao mesmo tempo um sol de rachar, mais uma vez Deus nos honrou. Estou muito cansado, mas com satisfação enorme de vê-lo feliz”, escreveu o corredor.

Confira:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

corredor sobe pico filho paralisia cerebral costas

corredor sobe pico filho paralisia cerebral costas

crédito das fotos: Portal Caparaó/Facebook/Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,573,981SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Família reencontra cão em SC mais de um ano após furto no RS

O Fred foi roubado ano passado em Torres (RS). Ele vivia com os tutores desde 2017 e foi levado do pátio da casa onde...

Internautas fazem vaquinha para ajudar autista severo que em crise precisa ficar amarrado

O jovem Julio Autran, 23 anos, tem autismo de grau severo. Ele não consegue controlar a própria força e sofre recorrentes crises de agressividade...

Como podemos mudar o mundo lavando louça

A mudança começa no dia a dia.

Pai filma um segundo por dia do filho desde o nascimento até ao primeiro aniversário

Sam Christopher Cornwell, pai babão do pequeno Indigo, teve uma ideia simples, mas genial. Ele filmou um segundo de cada dia do filho, desde...

Empresário cria casas compartilhadas para comer, trabalhar, aprender e lavar roupa em SP

Com apenas 34 anos, o empresário Wolf Menke, de Paulínia, interior de SP, está  transformando o bairro de Pinheiros, em São Paulo, com quatro empreendimentos de economia compartilhada. Com...

Instagram