Array

Costureiras do sertão baiano abrem mão de renda e confeccionam máscaras para hospitais

Pessoal, as nossas queridas costureiras do projeto social Forte Severina paralisaram suas produções para confeccionar máscaras para hospitais e munícipes do sertão da Bahia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Forte Severina é formado por 15 mulheres que sonham construir um ateliê para profissionalizar mais mulheres. Clique aqui e contribua com a vaquinha.

Em parceria com a marca de camiseta Casebre de Palha, já foram costuradas e doadas mais de 8 mil máscaras descartáveis em TNT para as cidades de municípios Euclides da Cunha, Canudos, Quijingue e Uauá.

costureiras do projeto Forte Severina
Foto: Divulgação/ Forte Severina

“As abraçaram essa causa com muito amor. As máscaras são feitas de TNT polipropileno, dentro das normas da Anvisa”, afirmou o Victor Hugo coordenador do projeto Canudos e Forte Severina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foram distribuídas mais de 8 mil máscaras para cidades de Euclides da Cunha, Quijingue, Canudos e Uauá

Para produzir as máscaras, parte das costureiras parou a produção de roupas e iniciou a confecção de máscaras descartáveis.

Durante o trabalho, elas seguiram as recomendações de proteção contra a contaminação por coronavírus: distância de um metro umas das outras, além da higienização com álcool em gel nas mãos e nos equipamentos.

costureiras do projeto Forte Severina produzindo máscaras
Foto: Divulgação/ Forte Severina

costureiras do projeto Forte Severina produzindo máscaras
Foto: Divulgação/ Forte Severina

costureiras do projeto Forte Severina produzindo máscaras
Foto: Divulgação/ Forte Severina

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Doações para compra de materiais

Para que as confecções continuem, as severinas precisam de doação para a compra dos materiais.

“A gente tem a conta bancária para que as pessoas possam doar valores para comprar os materiais. Esses materiais estão sendo adquiridos em São Paulo porque não encontramos TNT adequado para máscaras em Salvador”, conta Victor Hugo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Ateliê Forte Severina (@forteseverina) em

Doações para as máscaras devem ser realizadas para a conta abaixo:

Banco Santander

Agência: 0268

C/C: 13003583-7

INSTITUTO BRASILEIRO DE EXPEDIÇÕES SOCIAIS

CNPJ: 29.868.714/0001-06

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Por que precisamos descobrir o que faz a gente feliz: entrevista com Gabriel Hamsi, criador do The Sun Gallery

“O que faz o seu sol brilhar?” Muito provavelmente o Gabriel Hamsi te faria essa pergunta em uma conversa observando o pôr do sol...

Jovem de 16 anos faz projeto que valoriza a estética negra da mulher

“Isso aqui são os meus ancestrais. Eu nasci com essa coisa linda e não posso arrancar de mim"

Após 199 dias, jovem que ganhou coração artificial de R$ 800 mil com ajuda de vaquinha recebe alta

A esperança venceu. Após 199 dias internado, com a vida em risco por causa de um problema seríssimo no coração, o jovem Bruno Jun...

Noiva grávida morre antes de entrar na igreja e noivo recebe apoio de amigos e desconhecidos

A noiva Jéssica passou mal um pouco antes de entrar na igreja, ela estava grávida, foi submetida a um parto de emergência e o bebê sobreviveu. O policial Flavio Gonçalves agora luta para custear o hospital e os cuidados com o bebê prematuro.

Instagram