Creche é criada dentro de lar para idosos e convívio entre velhinhos e crianças muda a vida de todos

Uma casa de repouso em Seattle (EUA) tem funcionado também como creche, promovendo a interação de idosos e crianças. Pelo menos cinco dias por semana, pequenos de 6 meses a 5 anos participam de atividades com os mais velhos, que têm em média 92 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As diferentes gerações têm aulas de música, contam histórias e até aprendem um pouco de arte. O Intergeneration Learning Center (Centro de Aprendizado Intergeracional, em tradução livre) tenta promover a integração de crianças e idosos, com objetivos diferentes entre os envolvidos.

Para as crianças, a ideia é desmistificar a velhice e trazer a conscientização de como os idosos devem ser tratados. Já para o pessoal da terceira idade, o objetivo é mostrar que eles continuam tendo função social e que os últimos anos de suas vidas também devem ser bem vividos.

Idoso conversando com crianças em mesa em creche
Idosos contam histórias, brincam e aprendem com as crianças. Foto: reprodução/YouTube The Growing Season Filme

“Nós queríamos que este lugar fosse um local no qual as pessoas viessem para viver, não viessem para morrer”, conta Charlene Boyd, administradora do Providence Mount St. Vicent.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a responsável pelo espaço, o Intergeneration Learning Center (ILC) foi desenvolvido há 29 anos e tenta trazer sentido para a vida de todos os envolvidos.

Uma das primeiras crianças a participar do projeto, inclusive, foi o filho de Boyd, Ryan Smith. Em 2015, com 23 anos na época, o jovem contou ao Seattle Times que o programa fez com que ele crescesse com a sensação de que precisa ajudar o próximo.

“Olhando para trás, eu acho que o projeto teve um grande impacto na minha vida. Me fez mais atento ao meu redor e aos mais velhos.”

A interação entre as gerações culminou em um lindo documentário que retrata o dia a dia do Providence Mount St. Vicent. Vale a pena conferir o trailer desta produção, que mostra todos os desafios e sorrisos dessa casa de repouso/creche bem diferente (para legendas em Português, escolha a opção “traduzir automaticamente”). 👇

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ressignificação da terceira idade com creche

Erroneamente costumamos classificar a melhor parte da nossa vida pelas nossas memórias, enquanto esquecemos que podemos viver novas experiências a cada dia. Pensando nisso, Boyd acredita que a vida destes idosos podem ser repletas de emoção até seus últimos dias.

“Para fazer do início da vida até o final da vida os nossos melhores anos. Como um círculo fechado.”

Cativando a comunidade de Seattle, a ILC tem uma lista de espera de dois anos e meio para a entrada de novas crianças. Atualmente, a creche comporta 125 alunos que aprendem e se divertem com os idosos da casa de repouso.

Há 13 anos como instrutora do local, Eileen Hirami conta que a união de gerações tão distantes é desafiadora, repleta de felicidade, mas também com seus estresses.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nós temos todo o espectro da vida aqui e é a alegria e o desafio de sempre estar junto. Às vezes é só felicidade, às vezes é só estresse – como podemos crescer juntos?”


Quer conhecer mais histórias entre gerações? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,572,055SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Creche ao ar livre em Londres não tem paredes, nem salas de aula

Já mostramos aqui uma vez, uma escola onde as aulas acontecem dentro da floresta, nos EUA (relembre aqui). Pois descobrimos uma outra, a escola Into...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Casal capixaba larga emprego para cuidar dos 7 filhos autistas em tempo integral

Para cuidar dos filhos, a vendedora Lilian Ribeiro, 40, e o marido, o microempresário Marco Antônio de Oliveira, 50, precisaram sair dos seus empregos.

Quatro meninos são retirados da caverna na Tailândia: Esperança!

Quatro dos 12 garotos presos em uma caverna no norte da Tailândia foram resgatados e levados para hospital.

Após ser impedida de se matricular na USP, jovem ganha estágio e imersão nos EUA

A jovem Elisa Flemer, 17 anos, passou para engenharia civil na USP (Universidade de São Paulo) com a 5ª melhor nota entre os candidatos...

Instagram