Crianças ribeirinhas de Rondônia lançam livro com histórias locais

Criado há nove anos pela professora Gloria Valadares, o projeto “Leitura no Sítio” desenvolve um trabalho exemplar de alfabetização de crianças e adolescentes da Comunidade dos Ribeirinhos, em Porto Velho (RO).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto também já lançou duas edições do livro “Encantos do Rio Madeira: histórias ribeirinhas”, que reúnem histórias escritas pelos ribeirinhos sob orientação da professora Nair G. do Amaral.

“A ideia surgiu a partir de um projeto de pesquisa que nós desenvolvemos nas comunidades ribeirinhas e lá nós coletamos vários gêneros da cultura deles, entre lendas, mitos, provérbios, culinária, e aí nós tínhamos um banco de dados muito grande e nós resolvemos publicar um livro”, disse Nair em entrevista para um jornal local.

Todas as histórias contadas são de autoria das crianças e adolescentes participantes do projeto, incluindo as ilustrações que compõem as narrativas. “Pra mim é uma felicidade porque foi um trabalho construído com muitas professoras. Elas iam lá, perdiam o tempo delas, elas nos ensinavam”, conta animada uma das alunas do projeto.

teotonio 7

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nova Imagem (2)

digitalizar0014

488686_encantos-do-rio-madeira-historias-ribeirinhas-677881_L1

Todas as imagens: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,499,046SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor americano publica conto de fada com romance entre rapazes

Vejam um conto de fadas diferente: Era uma vez, num reino encantado, uma princesa é sequestrada por uma bruxa. Em resposta, o rei lança...

Pernambucana desenvolve chip capaz de detectar 18 tipos de câncer em exame de 15 minutos

O chip é capaz é de detectar 18 tipos da doença no estágio inicial, através de um exame de sangue que fica pronto em apenas 15 minutos.

Taiwanês de 97 anos salva sua aldeia pintando casas com arte colorida

Há cerca de dez anos, Huang Yung-fu, enfrentou um impasse. O governo de Taiwan, na Ásia Oriental, ameaçou derrubar sua aldeia centenária, uma vez...

Instagram