Criança de 11 anos faz e vende pavês para ajudar vítimas da Covid-19

Clique e ouça:

Com o dinheiro que consegue com a venda de sua sobremesa favorita, o menino Enzo Bard monta cestas básicas para doar a famílias da Cidade de Deus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enzo Bard, 11 anos, queria ajudar de alguma forma as pessoas que estavam sem renda por causa do isolamento imposto pela pandemia do novo coronavírus. Ele teve a ideia de fazer pavês para vender no condomínio onde mora, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, e com o dinheiro comprar cestas básicas e doar a moradores da Cidade de Deus.

Aluno da sexta série do Ensino Fundamental, o menino, que adora jogar futebol, tem trocado a quadra do condomínio pela cozinha de casa para fazer por conta própria os pavês.

Enzo conta que pavê é a sua sobremesa favorita. Ele já havia feito o doce para a família antes e, como eles gostaram do resultado, pensou em fazer e vender os pavês para ajudar as vítimas da Covid-19. Começou, então, com o material que já tinha na despensa.

Antes eu fazia os pavês com os ingredientes que eu tinha em casa, agora retiro uma parte do dinheiro que recebo com as vendas para comprar os ingredientes e fazer mais. Eu vendo cada um por cinco reais. Estou animado porque até agora consegui arrecadar R$500 para fazer as cestas básicas”, conta o menino.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enzo já vendeu 100 pavês e está no processo de montar as cestas básicas. Ele diz que começou a iniciativa há uma semana e, para sua surpresa, não só os moradores de seu condomínio compraram os doces, como também os antigos vizinhos do outro edifício onde viveu.

O menino comenta que sempre quis ajudar quem mais precisa e viu na quarentena uma possibilidade de usar seu tempo livre para ser mais solidário.

Reportagem de Thainá Cunha para o Rio de Boas Notícias, site parceiro do Razões.

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,078,568FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,749SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Após humilhação, motoboy ganha mais de R$190 mil em vaquinha, moto nova e é contratado por agência de marketing

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha na VOAA para ajudar o motoboy Matheus a dar a volta por cima, depois...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Instagram

Criança de 11 anos faz e vende pavês para ajudar vítimas da Covid-19 14