Crianças pedem para usar adesivo no rosto para ficarem iguais a colega com síndrome de Down que faz tratamento

Inclusão é muito importante para as crianças com síndrome de Down, elas precisam se sentir amadas e acolhidas, até mesmo para que consigam aprender em sala de aula. Pensando nisso, a professora Cynthia Rosal, que dá aula para a turma do segundo ano do ensino fundamental, na Escola Cresça, Asa Sul, em Brasília, incorporou uma ideia que veio dos próprios alunos.  

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Miguel Gadelha tem síndrome de Down e está fazendo um tratamento para exercitar a musculatura da boca, que envolve usar fitas coladas no rosto, já que algumas pessoas com Down não possuem tônus muscular, o que dificulta a fala.

Relacionado: Jovem com síndrome de Down faz história ao competir em concurso de Miss nos EUA

No primeiro dia que o menino chegou com a fita adesiva na escola, seus colegas foram falar com a diretora, Consuelo Carvalho, pedindo para que eles a usassem também. A partir de agora, duas vezes por semana, quando Miguel tem suas aulas de fisioterapia, a turma toda também usa fitas de esparadrapo, que a professora Cynthia, já deixa separado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma maneira do garoto se sentir menos diferente e mais incluído, mostra que com gestos simples, podemos fazer a diferença. Depois que a escola compartilhou uma foto das crianças usando esparadrapo, a postagem já foi compartilhada diversas vezes, emocionando pessoas do Brasil inteiro, inclusive o pai de Miguel, que é funcionário da escola, mas só ficou sabendo depois de ver a foto.

Na postagem, a escola diz que esse é o caminho para que as crianças aprendam desde cedo a respeitar as diferenças. Veja aqui embaixo a publicação original:

Fotos: reprodução Facebook / Escola Cresça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,773,760SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professora estimula criatividade dos alunos inspirada no pintor Michelangelo

A professora formou um círculo com as cadeiras da sala de aula e embaixo delas as crianças pintaram seus próprios “afrescos”.

Uma menina e um pai atrapalhado viralizam na internet dançando coreagrafia de clipe

Taylor Swift mostra uma variedade de movimentos “super coreografados” no seu vídeo da música "Shake It Off", mas venhamos, nem a melhor das coreografias...

Acupunturista atende mais de 2 mil pessoas em situação de rua em SP

Gente, vocês lembram do acupunturista Ramon Oliveira, 27 anos, que desde 2018 atende gratuitamente dependentes químicos que vivem nas ruas de São Paulo? Então, o seu...

A adorável reação de um garoto ao conhecer um casal gay

Em uma semana em que infelizmente ainda vemos agressões gratuitas a homossexuais, acalenta um pouco saber que a nova geração está vindo muito mais...

Empresa de São Paulo amplia a licença-paternidade para 30 dias

O escritório de advocacia Souza, Schneider, Pugliese e Sztokfisz, com sede em São Paulo e Brasília, resolveu estender a licença-paternidade de 5 para 30...

Instagram