Crianças autistas fazem crossfit para ampliarem sua autoconfiança e interação social no Havaí

Muito se engana quem pensa que academia de musculação é uma coisa puramente superficial, aquela imagem passada pelos vários espelhos de um Instagram.

Indo além dos estereótipos, mostramos uma academia – e mais especificamente uma de crossfit no Havaí, que oferece aulas especiais para crianças com autismo ampliarem sua autoconfiança, autoestima e interação social.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O programa é uma parceria entre a academia de crossfit Hi Town e as ONGs Hawaii Chapters of Easter Seals e Talk About Curing Autism (TACA), focadas em atender pessoas com autismo e/ou necessidades especiais. Através dos movimentos propostos em aula, que inclui exercícios funcionais baseados em tarefas diárias, as crianças são acompanhadas por instrutores e profissionais de saúde mental.

Academia no Havaí tem aulas para crianças com autismo

Como o crossfit é baseado em motivação e tem escala universal, acaba sendo uma prática inclusiva, que não depende de experiências e habilidades específicas. Direcionado para o público infantil, o projeto havaiano é organizado por Ian Ajimine, dono da academia, que tem uma conexão pessoal com o transtorno de desenvolvimento. “Meu primo é autista, então eu cresci vendo minha tia e o tio criá-lo. Não tinha um monte de coisas que ele poderia fazer, então eu queria dar um lugar, usar meu ginásio, meus recursos, meus talentos para devolver e ajudar essas crianças a correr e ficar em forma”, disse ao jornal local, KITV.

Criando ações em conjunto com as instituições, atendem 12 crianças por aula com apoio de 25 voluntários. Atualmente, eles estão estudando os resultados para aperfeiçoar o programa. Pelo autismo ser extremamente pessoal, diferente para cada indivíduo, pode ser que seja interessante dividir as turmas por idade, nível de desenvolvimento psicológico ou habilidades.

Academia no Havaí tem aulas para crianças com autismo

As estatísticas mais recentes do CDC – Center for Disease Control and Prevention – mostram que uma em cada 50 crianças está vivendo com autismo na América do Norte. Surpreendentemente, os convênios médicos no Havaí não cobrem os custos de tratamento para o autismo. Por causa do projeto, elas ao menos têm a acesso à atividades gratuitas que certamente tornam seu dia melhor e auxiliam na vida familiar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Academia no Havaí tem aulas para crianças com autismo

Academia no Havaí tem aulas para crianças com autismo

Academia no Havaí tem aulas para crianças com autismo

 

Fotos: divulgação/Hi Town Crossfit

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,426FãsCurtir
1,762,490SeguidoresSeguir
8,613SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

Comediante arrecada quase R$ 1 milhão para menino que sofreu bullying

O vídeo de um menino com nanismo chorando após ser vítima de bullying na escola gerou uma onda de comoção e solidariedade de milhares...

Instagram