Graças ao esporte, crianças do Complexo da Maré (RJ) passam a ter orgulho de ser da região

A pandemia de Covid-19 deixou muitas sequelas em nossa sociedade. Uma delas foi o aumento de 171% da evasão escolar, segundo um estudo publicado pela ONG “Todos Pela Educação”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estima-se que 244 mil crianças e adolescentes, com idades entre 6 e 14 anos, estejam fora da escola atualmente. É nesse contexto que diversas organizações sem fins lucrativos têm surgido para desenvolver projetos voltados ao esporte e apoio social.

No Complexo da Maré, um dos maiores conglomerados de bairros, favelas e micro-bairros na zona norte do Rio de Janeiro (RJ), Jeferson Costa Silva, o “Shaolin”, atua há seis anos como professor na ONG Luta pela Paz e líder do Espaço Tijolinho, onde atende 246 jovens carentes.

Graças ao esporte, crianças do Complexo da Maré (RJ) passam a ter orgulho de ser da região

Em entrevista ao portal “Terra”, Shaolin explicou que o Espaço Tijolinho é um abrigo para as potências da Maré. “A gente tem jiu-jitsu, luta livre, capoeira, futebol e desenvolvimento pessoal, que é o nosso objetivo maior, afim de dar o ‘papo reto’ para essas crias da Maré, através da nossa vivência”, contou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No auge da pandemia, a ONG trabalhou para minimizar o impacto econômico das famílias, fazendo visitas e doações de cestas básicas. Hoje, com o avanço da vacinação, voltou com as aulas presenciais, com turmas reduzidas.

Para Shaolin, as crianças do Tijolinho eram mal vistas, mas a ONG fez suas “crias” terem orgulho de ser da região. “Foi uma das nossas maiores vitórias”, disse o professor.

Já a ONG Luta pela Paz atua no Complexo da Maré com 17 projetos voltados para o esporte. Os professores oferecem aulas de boxe e artes marciais, além de atividades de desenvolvimento pessoal para promover conceitos de liderança e autoconfiança entre os jovens.

Graças ao esporte, crianças do Complexo da Maré (RJ) passam a ter orgulho de ser da região

“O Luta pela Paz busca minimizar a mazela escolar em que muitos dos seus alunos e alunas se encontram, trazendo uma bagagem curricular necessária, além das novas perspectivas de futuro”, afirmou Julie Oliveira, assistente de comunicação, acrescentando que a organização investe em mentorias e acompanhamento psicológico dos jovens, ciente que para uma educação de qualidade, é necessário haver condições para um aprendizado eficiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Prática esportiva estimula desenvolvimento psicológico da criançada

Para Cláudia Milene, psicóloga no Centro de Apoio Psicossocial ao Usuário de Álcool e Drogas (Caps Ad) de Nilópolis, a prática esportiva é muito importante na formação do indivíduo e no seu desenvolvimento físico, emocional, social e intelectual.

Graças ao esporte, crianças do Complexo da Maré (RJ) passam a ter orgulho de ser da região

A psicóloga é uma das idealizadoras do Projeto Mulheres, Vozes e Escuta, que trabalha este conceito com suas meninas.

Cláudia enfatiza a importância do esporte no tratamento da ansiedade e do transtorno de déficit de atenção (TDH), especialmente os coletivos, como o futebol e o vôlei.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para as crianças, muito melhor do que oferecer um celular para elas passarem o tempo, é convidá-las a ocupar o tempo se exercitando e desenvolvendo várias áreas do cérebro.

“Acho extremamente importante o trabalho do educador físico dentro da comunidade onde a criança tem contato com a criminalidade, porque ela tendo um jogador de futebol, judoca ou nadador como ídolo, a referência dela vai ser outra e ela vai procurar ter atitudes e buscar coisas para crescer de forma correta. Aqui no Caps tenho pacientes de 14 a 17 anos e todos falam que viam os caras cheios de ouro e ‘minas’ e queriam ser iguais a eles”, concluiu Cláudia.

Fonte: Terra
Fotos: Jeferson Silva / ANF

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,256,096SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Estou sóbrio há 17 anos e ajudar quem mais precisa é o que me dá propósito”

Quando fiz 30 anos, minha vida desandou. Eu fumava crack e usava metanfetamina. Eu estava infeliz e sabia que precisava mudar. A falta de...

Mulher encontra família desabrigada vivendo em ônibus quebrado e resolve ajudar

Ela cedeu uma casa sua para a família passar as férias.

Pessoas se reúnem para entregar mensagens positivas através de rosas, bilhetes e balões a desconhecidos

Todos sabemos que a loucura cotidiana acaba nos deixando automatizados a fazer as mesmas coisas e a reagir da mesma maneira. Por isso, é...

Experimento mostra a deficiência vista pelos olhos das crianças

A Noémi é uma associação francesa criada pelo desejo de mudar a forma como a sociedade olha para as pessoas com deficiência múltipla, que...

Pai recria cena de “O Rei Leão” com filho recém-nascido no hospital

Algumas cenas do cinema ficam eternizadas em nossa memória, e vão ganhando simbolismos muito poderosos que associamos a grandes momentos em nossas vidas. Dito...

Instagram