Crianças vão à escola com lenços para apoiar coleguinha com leucemia

A menina Lia está na batalha contra a leucemia e como resultado do tratamento seus cabelos acabaram caindo. A pequena estava se sentindo desconfortável em ir para a escola, provavelmente por causa da sua carequinha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi então que a equipe da escola e os amiguinhos de Lia resolveram agir para que ela ficasse mais à vontade. A ideia era que todos fossem para a escola com um lencinho na cabeça. Assim, Lia perceberia o quanto é querida e não se sentiria tão diferente do restante da turma.

Leia também: Crianças doam carrinho para pipoqueiro voltar a trabalhar na frente da escola

A escola conversou com os pais dos pequenos e todos toparam a ideia na hora. Eis que no grande dia Lia ficou um pouco tímida. Mas terminou a tarde sem o seu chapeuzinho, bastante à vontade com sua carequinha.

crianças vão escola lenços apoiar colega leucemia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crianças vão escola lenços apoiar colega leucemia

“Essas coisas não tem preço, não há dinheiro que pague. Nos ensinam sobre o que realmente importa. Amamos você Lia”, escreveu a direção da escola em um post na sua página no Instagram.

Realmente, e mais uma vez, as crianças topam fazer qualquer coisa para ver a amiguinha ou amiguinho feliz. Mesmo sem saber o significado da palavra empatia – colocar-se no lugar do outro – são naturalmente empáticas. Isso permite dizer que, quando exercemos a empatia, voltamos a ser crianças. E não há nada melhor do que ser criança!

Veja a publicação:

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Sobre AMAR: Amar é se colocar no lugar do outro. É enfrentar as dificuldades da vida junto e tornar os desafios mais leves… É se preocupar com o que o outro sente e fazê-lo se sentir bem! E nós amamos tanto a nossa princesa Lia! Que está vencendo dia a dia o desafio da leucemia. Hoje foi um dia muito emocionante na escola. A Lia estava se sentindo desconfortável em ir para a escola, provavelmente por conta dos cabelinhos que caíram. E então surgiu a ideia fabulosa! Conversamos com as crianças, com a equipe e com as famílias dos coleguinhas de turma. E claro que todos prontamente toparam a ideia! Estávamos hoje todos com lenço na cabeça para receber a pequena. Ela começou o dia tímida, com o chapeuzinho no rosto. E terminou a tarde sem nada na cabeça, mais segura. Essas coisas não tem preço, não há dinheiro que pague. Nos ensinam sobre o que realmente importa. Amamos você Lia! Obrigada a todas as famílias e a todas as fabulosas pela força! Obrigada mamãe Sabrina por nos permitir viver isso com nossa [email protected] Força Lia! A vitória é certa! #amor #forçaLia

Uma publicação compartilhada por Fábula (@fabula_escola_) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito das fotos: Reprodução/Instagram @fabula_escola_

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem dinheiro para passagens, ginasta vende cocada para ir a campeonato

Faltando uma semana para o campeonato Sul-Americano de Ginástica de Trampolim, na Colômbia, a pequena ginasta Letícia vende cocada para comprar as passagens da viagem.

Paulo Gustavo doou mais de R$ 1,5 milhão à instituição de caridade, diz Padre Julio Lancellotti

O ator Paulo Gustavo, além de esbanjar talento e carisma por onde passava, também fazia o bem sempre que possível. Uma de suas instituições...

Intérpretes traduzem parto para mamãe com deficiência auditiva

A presença de um intérprete de Libras/Português humaniza o parto de gestantes com deficiência auditiva.

Artistas grafitam casas de madeira em favela de São Luís (MA)

“É muito importante vocês estarem aqui, faz a gente lembrar que é gente também.”

Filhote é salva da eutanásia e se recupera completamente

Uma filhotinha ia ser sacrificada por causa de sua doença de pele, mas uma ONG a resgatou assim que soube dessa crueldade. Ela sofria de demodicose...

Instagram