Crianças, pais e professores se unem em projeto de carona a pé

Em Julho de 2015, a professora Carolina Padilha do Colégio Equipe, em Santa Cecília, região central de São Paulo, começou o projeto “grupo carona à pé”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nele, os alunos vão para a escola e voltam juntos a pé, acompanhados por dois adultos, um guiando na frente e outro atrás de olho.

Hoje, a iniciativa já conta com 80 alunos, 24 pais e professores. Com o número crescente de envolvidos, foi possível ampliar as rotas e assim ter mais participantes.

Conta até com um site, criado por uma das mães, e uma advogada, também mãe, criou o termo de consentimento dos pais. As crianças também se envolveram, criando pontos de encontros, para que todos possam participar.

Para garantir a segurança da ideia, foram estabelecidas algumas regras como as crianças terem que andar em duplas de mãos dadas; ter ao menos dois adultos, como já citamos; e todos utilizarem uma espécie de colar de identificação do projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista ao site Só Notícia Boa, José Pupo, pai de uma das alunas e coordenador de uma das rotas diz: “é uma oportunidade de fazer algo regularmente com a minha filha e passar alguns valores para ela”.

O sucesso é tanto que pais de outras escolas procuraram a professora para replicar o projeto. Que tal fazer isso em sua comunidade também?

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Adolescente de 16 anos cria anel capaz de monitorar tremores de Parkinson

Dispositivo produz um relatório detalhado contendo informações sobre a frequência e gravidade dos sintomas.

Pai que não queria cachorro de jeito nenhum agora até canta seu amor para pit bull no colo; assista

Até algum tempo atrás, o pai da Flávia Carvalho não queria ter um cachorro dentro de casa de jeito nenhum! No entanto, com o passar...

O remédio que sobrou na sua casa pode ajudar outras pessoas, conheça a iniciativa Banco de Remédios

Sabemos que remédios específicos para algumas doenças podem custar muito caro, pois nem sempre a distribuição gratuita do governo consegue suprir toda a demanda. Mas...

Família adota irmãos que viviam em orfanato e seriam separados

A família deu um jeito para as crianças continuarem unidas.

Startup doará 100% do seu faturamento para projetos sociais e vítimas da tragédia em Mariana (MG)

Essa é a proposta da startup mineira Risü, uma loja de compras online, com sede em Belo Horizonte, premiada como um dos cinco modelos de negócios mais sustentáveis do Brasil em 2015 pela Sustainable Brands Rio.

Instagram