Crianças arrecadam R$ 23 mil com vaquinha virtual para restaurar área de Mata Atlântica

Marcello e Olívia querem mudar o mundo e eles já deram o primeiro passo. Desde quando visitaram a base de restauração florestal da ONG Fundação SOS Mata Atlântica, em Itu (SP), em janeiro de 2019, eles tinham certeza de que precisavam fazer algo pelas nossas florestas. Agora, 2 anos depois, os dois amigos lançaram uma vaquinha que recebeu R$ 23 mil em doações e resultará no plantio de 1.474 mudas de árvores nativas da mata.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marcello, com 8 anos, e Olívia, com 11, são considerados parte da ‘Geração Greta’, um codinome que faz referência à jovem ativista ambiental Greta Thunberg, que incentiva crianças e jovens a lutarem por causas ambientais, principalmente relacionadas ao clima.

Amigos fazem vaquinha para Mata Atlântica
Olívia mostra o cheque simbólico de R$ 23 mil da vaquinha. Foto: Marcelo Ferreli / SOS Mata Atlântica

Leitura sobre aquecimento global foi o ponto de partida

“Tudo começou na minha escola quando eu estava no segundo ano. Li um livro chamado SOS Planet Earth e li algo que me inspirou a levantar dinheiro para ajudar as florestas tropicais da América do Sul”, afirma Marcello.

Quando a família do menino convidou Olívia para uma viagem, a garota levou um livro que tratava do mesmo assunto. Então os dois começaram a pensar sobre o que poderiam fazer para mudar a situação do planeta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“No dia da visita [à ONG], o Marcello perguntou se ele plantasse uma muda ajudaria. Eles disseram que sim e aí tivemos essa ideia”, conta Olivia.

amigos fazem vaquinha para mata atlântica
Foto: Marcelo Ferreli / SOS Mata Atlântica

Mesmo com a distância que separa os dois amigos – o Marcello mora na Inglaterra e a Olívia no Brasil – eles deram um jeito de reunir o máximo de recursos para a causa. A vaquinha foi lançada no Dia da Terra (22 de abril), em 2019, através da plataforma GoFundMe.

Na época, os dois amigos até chegaram a fazer um vídeo explicando a causa e a vaquinha. Veja:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Entrega das doações

A vaquinha durou até os primeiros meses de 2020, mas por causa da pandemia, Olívia só conseguiu entregar o cheque para o pessoal da Fundação SOS Mata Atlântica em setembro.

Ela também fez o plantio da primeira muda do ‘Campo dos Sonhos’, como será chamado o local onde as árvores serão cultivadas. Como Marcello não pôde estar presente, ele acompanhou tudo por videoconferência.

A propriedade é uma antiga fazenda de café. O local possui mais de 500 hectares, onde acontecem ações de educação ambiental, mobilização, cursos e capacitações. Mais da metade do território da propriedade foi recuperada com o plantio de árvores nativas do bioma e algumas já alcançam 10 metros de altura. Mais de 48 mil pessoas já visitaram o local.

A vaquinha da Olívia e do Marcello não está mais aberta, mas quem quiser, pode fazer a sua doação diretamente no site da fundação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: CicloVivo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,495,414SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Adolescente faz homenagem ao pai carroceiro e emociona internautas

É muito bacana vermos pequenas homenagens com grandes significados que as pessoas fazem uma pra outras. Uma foto publicada no Facebook pela jovem Jaqueline Alves, 19...

Cansada dos palpites dos vizinhos sobre criação do filho, mãe coloca faixa em frente de casa

A mãe deu uma resposta bem-humorada para quem acha que ela não está criando bem seu filho.

Universitários alemães criam café para gerar empatia com pessoas surdas

A melhor forma de você se conectar verdadeiramente com outras pessoas é se colocar no lugar dela, de forma literal, e universitários alemães tem feito...

Temos o primeiro brasileiro indicado ao prêmio “Nobel da Educação”

O professor Márcio Andrade, da UFTM (Universidade Federal do Mato Grosso), é o primeiro brasileiro a ser indicado ao prêmio "Nobel da Educação", o...

Mulher trans cuida de irmão deficiente como se fosse um filho: “Ele me chama de irmãe”

É tão bonito de ver uma relação de união entre dois irmãos, né? Mas a história que temos pra contar hoje vai muito além...

Instagram