Cuba começa a distribuir pílula para prevenir a disseminação do HIV

Mundialmente reconhecida por investir grande parte de suas riquezas em saúde pública, garantindo-lhe índices de mortalidade infantil inferiores até mesmo dos países desenvolvidos, Cuba iniciou um programa pioneiro de prevenção à disseminação do vírus do HIV.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ainda em fase de testes, a iniciativa visa entregar gratuitamente a PrEP, uma pílula de profilaxia pré-exposição, à população cubana – hoje a mais populosa do Caribe, com 11 milhões de habitantes.

[Faltando apenas um ano para se formar em odontologia, a Ingred sofreu um grave acidente doméstico que a deixou tetraplégica. Para se graduar, ela precisa de um carro, pois a faculdade fica a 43 km de onde ela mora e Ingride não conta com transporte público. Vamos ajudá-la a fechar esse ciclo? Clique aqui e apoie.]

Elas começaram a ser distribuídas no município de Cárdenas, em Matanzas. O governo espera expandir o serviço para todo o país até o fim do próximo ano.

Cuba distribuir pílula prevenir disseminação HIV

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A PrEP, quando ingerida corretamente, reduz a probabilidade de contaminação pelo HIV em até 90% dos casos.

As autoridades escolheram Cárdenas devido à sua alta incidência de disseminação local – onde vivem 234 pessoas com o vírus, com uma média de 30 novos casos por ano.

Cuba distribuir pílula prevenir disseminação HIV

As pílulas profiláxicas são uma ferramenta essencial nos esforços de contenção ao vírus da imunodeficiência humana, e também são costumeiramente oferecidas às vítimas de abuso sexual.

Segundo estimativas do governo, atualmente cerca de 23 mil pessoas vivem na ilha com o vírus, com  uma taxa de mortalidade de 17%.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Brasil é um dos poucos países que também oferecem pílula similar pelo sistema de saúde pública – junto, nas Américas, de Bahamas, Barbados, Canadá e EUA. O programa cubano é realizado em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Leia também: 

Medicamentos anti-retrovirais e vacinas também são oferecidos em solo cubano – mas os próprios líderes do projeto relembram que o preservativo seguem sendo o método mais seguro e eficaz de se prevenir. Há quatro anos, Cuba se tornou o primeiro país do mundo a eliminar a transmissão do HIV de mãe pra filho ou filha.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Hypeness/Fotos: Reprodução/Hypeness

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Presidente da Gâmbia anuncia proibição da mutilação genital feminina

Mais um país se juntou à Nigéria na luta contra a mutilação genital feminina no continente africano. A Gâmbia, oficialmente República Islâmica da Gâmbia ou...

Contra preconceito, mulheres fazem ato “Vai Ter Gorda na Praia”, sim!

Neste último domingo, 13, dezenas de mulheres se reuniram na praia de Itapuã, na capital baiana, em prol do movimento "Vai Ter Gorda", manifestação...

Estudante vende palha italiana na Paulista para cursar medicina em Harvard

“Eu ouvia a palavra Harvard nos filmes, mas pensava: ‘será que um dia eu vou tá lá’ e hoje tenho a chance de ir”, diz o estudante.

Danilo Gentili surpreende menino humilhado por vender bombons com ligação e presente

Gente, a família do Luizinho, menino que vende bombons, foi surpreendida por uma chamada de vídeo do comediante Danilo Gentili, que fez questão de...

Rihanna lança programa de bolsas de estudos nos EUA para universitários do Brasil e outros países

A cantora anunciou um programa de bolsas de estudo global que oferece a oportunidade de estudantes de todo o mundo fazerem cursos em grandes faculdades dos Estados Unidos.

Instagram