Curitiba libera cultivo de hortas nas calçadas e vai regulamentar a prática

A Prefeitura de Curitiba abraçou formalmente a iniciativa do cultivo de hortas nas calçadas da cidade, e pretende regulamentar a prática ainda na atual gestão (2017-2021).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rafael Greca, prefeito da capital paranaense, recebeu os responsáveis pela horta comunitária do bairro Cristo Rei e no bairro Hugo Lange. Curiosamente, eles haviam sido denunciados por moradores destes bairros por “cultivarem hortaliças em espaços públicos”.

Durante o encontro, o prefeito anunciou que pretende apoiar uma nova regulamentação na Câmara de Vereadores, garantindo segurança jurídica com a prática. A ideia é estimular a agricultura urbana e solucionar conflitos como os que ocorreram entre os idealizadores da horta e a vizinhança local.

“A agricultura urbana é uma tendência mundial, a humanidade tem que se voltar de novo para terra e para o arado”, disse o prefeito. Ele também brincou com os convidados presentes: “Se Burle Marx, meu amigo e grande paisagista brasileiro, fosse vivo, ia louvar a ideia de colocar bananeiras, ao invés de roseiras europeias, no jardim.”

Ao final da reunião, Greca afirmou que suspenderá as sanções contra os responsáveis enquanto o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) constrói um projeto de lei a regulamentar estes tipos de casos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Curitiba libera cultivo de hortas nas calçadas e vai regulamentar a prática
Foto: Reprodução / Ciclo Vivo

O Ippuc divulgou uma nota afirmando que um grupo de estudos foi formado para debater e constituir a nova legislação municipal, flexibilizando o uso do remanescente de recuo, área onde usualmente fica o canteiro de grama nas calçadas.

Leia tambémCasal transforma garagem numa horta comunitária em SP e o resultado é maravilhoso

Atualmente, a lei não prevê o aproveitamento dessas áreas para tal fim, o que obriga a fiscalização a penalizar quem cultiva nesses recuos.

Curitiba libera cultivo de hortas nas calçadas e vai regulamentar a prática
Foto: Reprodução / Ciclo Vivo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os idealizadores da horta do Cristo Rei comemoraram a decisão do prefeito, informando também que medidas de segurança serão tomadas. “Para evitar a poluição, usamos plantas não comestíveis, que protegem as hortaliças.”

Leia tambémEm SP, escola de hortas gera emprego para moradores de rua

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Arch Daily

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pedreiro pedala 42 km de bicicleta para realizar seu sonho e concluir a faculdade de direito

Quem nunca passou por dificuldades na vida. Uns de fato passam por mais dificuldades do que os outros, mas os sonhos, eles são os...

Policiais distribuem ‘gelinho’ e estreitam laços com a comunidade

“Eles percebem que existe algo por trás do distintivo."

Campus Party doa 230 barracas do evento para acolhimento emergencial em SP

A Campus Party, um dos maiores eventos do mundo, focado em universo digital, inovação e criatividade, conseguiu arrecadar um item muito simples, mas de...

Mexicana cria inovador plástico biodegradável feito suco de cacto

Uma abundante e importante espécie de planta do México, que serve como base para a refeição dos povos mexicanos e central-americanos há milhares de...

Vídeo resume a saga Harry Potter ao som de “Faroeste Caboclo”

Inclusive, a voz de quem canta a música é bastante parecida com a do Renato Russo.

Instagram