Curso de Agrofloresta Sintrópica ensina a plantar alimentos sem desmatar

Não é utopia. É possível plantar alimentos em uma floresta, sem desmatamento e sem uso de agrotóxicos. O permacultor Bento Cruz realiza o Curso Básico de Agrofloresta Sintrópica, no Sítio Pau d’Água (ao lado da Ecovila Clareando), em Piracaia, a apenas 90 Km de São Paulo, de 30 de março a 1 de abril, durante o feriado de Páscoa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Agrofloresta cria um sistema que junta, na mesma área, a produção de hortaliças, frutas e madeira, que serão planejados e plantados durante o Curso. O foco é no plantio de frutas e sementes crioulas, que estão correndo risco de extinção devido o uso de transgênicos, híbridos e as chamadas melhoradas. Haverá troca de sementes crioulas no Curso.

O método permite a recuperação de áreas degradadas, protege o meio ambiente e ainda gera renda ao pequeno produtor. O sistema promete ser uma alternativa à monocultura do agronegócio, que depende de agrotóxicos e desmatamentos para produzir.

Bento é discípulo de mestre Tupinambá, permacultor nordestino pioneiro em Agrofloresta ao lado do suíço Ernst Gotsch. Ele tem percorrido o Brasil, auxiliando as pessoas que querem deixar as cidades para morar de forma sustentável na roça. A Agrofloresta é um dos caminhos mais viáveis, pois começa a produzir alimentos já no segundo mês.
Os sistemas agroflorestais podem auxiliar na conservação dos solos, das microbacias e áreas florestais. Dessa maneira o homem consegue se inserir no ambiente e passa a aprender com a natureza em vez de entrar em conflito ou destruindo-a. “É uma grande oportunidade do homem voltar a ser querido pela natureza e ter uma função importante para o planeta”, diz Bento. “Ela promove o despertar de um novo olhar, um novo entendimento da prática agrícola.”

agrofloresta sintrópica
Bento é discípulo de mestre Tupinambá, permacultor nordestino pioneiro em Agrofloresta ao lado do suíço Ernst Gotsch.

SOBRE O SÍTIO PAU D’ÁGUA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Sítio Pau d’Água é um Centro Coletivo de Cultura que tem o objetivo de colaborar com a construção de um novo Imaginário Social. São 3 alqueires, sendo que quase metade está sendo reflorestado. Conta com duas nascentes  e mais de 3 mil árvores foram plantadas nos últimos 2 anos.

SERVIÇO
Curso Básico de Agrofloresta Sintrópica

30 de março a 1 de abril (Páscoa)
Valor: R$ 390 (em alojamento coletivo) ou R$ 490 (em quarto na Ecovila Clareando)
Inscrições: [email protected].br

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,773,760SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Animação premiada mostra delicadamente a relação entre pai e filho

O autor é Po Chou Chi, um jovem diretor, natural de Taiwan, radicado em Los Angeles, ele produziu o curta Lighthouse ("Farol") cheio de...

Uber se recusa a receber pagamento de corrida para ajudar mãe com filho doente em Manaus

Trabalhando como motorista de Uber na cidade de Manaus, José Nóbrega nunca imaginou que um gesto simples e cheio de amor poderia mudar o...

Mãe amorosa cola frases de incentivo nos lápis de cor da filha em Jundiaí (SP)

Inspirada por uma publicação na internet, Alessandra Teixeira decidiu etiquetar o material escolar da filha de um jeito diferente: ao invés de colocar apenas...

Alunos de Guarda Mirim marcham em apoio à colega que perdeu a mãe: “emocionado”

No último sábado (29), a mãe do estudante goiano Daniel Oliveira, 13 anos, faleceu por conta de um aneurisma. A perda e o luto desmotivaram...

De Rondônia para o mundo: Ex-servente de pedreiro vira modelo internacional

Tudo começou por causa de uma brincadeira entre amigos. Gleiderson Rodrigues Gasparrini, 22 anos, mudou-se com a família da cidade de Ji-Paraná (RO) para...

Instagram