Cidade dos EUA planta centenas de árvores em rota de estudantes para reduzir ilhas de calor

As temidas ilhas de calor se formam quando faltam áreas verdes e sobram ‘selvas de concreto’ nos grandes centros urbanos. Em alguns casos, a temperatura média da cidade pode ser de 4°C a 11°C mais quente do que a zona rural!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em Dallas, capital do Texas (EUA), a formação de ilhas de calor tem sido combatida de uma maneira super simples: plantando mais árvores.

O governo local mapeou quais partes da cidade são mais afetadas pelo efeito do fenômeno climático. O estudo demonstrou que o bairro Oak Cliff era o que mais sofria com o calor. O motivo? Pouquíssimos espaços verdes em uma área dominada por asfalto e concreto.

Para mudar esse cenário, as ONGs The Nature Conservancy, Trust for Public Land e Texas Trees Foundation se uniram com a comunidade e fizeram um plantio coletivo por todo o bairro com a ajuda de voluntários, entre estudantes e até párocos das igrejas locais. Cerca de 500 árvores já foram plantadas.

dallas plantio de árvores combate ilhas de calor
Em Dallas, a formação de ilhas de calor tem sido combatida com o plantio de árvores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Interessante notar que o plantio se concentrou na área central do bairro, onde os estudantes passam todos os dias para irem à escola e onde há um maior fluxo de pessoas indo trabalhar ou fazer compras.

Leia também: Instituto fundado por jovem planta 2 milhões de árvores e refloresta área desmatada no RJ

Em outras palavras, a verba foi redirecionada para o ponto mais sensível de Oak Cliff, um local em que as altas temperaturas causadas pelas ilhas de calor desmotivavam as pessoas a saírem de suas casas. De quebra, as árvores não só deixaram o clima mais ameno, como embelezaram as ruas.

“Dallas é quente e cada vez mais quente, com temperaturas no verão regularmente acima de 30°C”, afirma Janette Monear, Presidente e CEO da Texas Trees Foundation.

Leia também: Pedreira cede terreno para plantio de horta comunitária em Juiz de Fora

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossa pesquisa revela que as árvores e os espaços verdes são três vezes mais eficazes do que outras estratégias para mitigar a crescente ilha de calor em Dallas. Podemos limpar e resfriar nosso ar consideravelmente plantando estrategicamente árvores por toda a cidade”, concluiu.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Ciclo Vivo/Fotos: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal de idosos vence coronavírus separado e 1º abraço pós-recuperação comove web

Um casal de idosos de Cremona, na Itália, foi diagnosticado com o novo coronavírus ao mesmo tempo e precisou ficar separado durante todo o...

Professora decora carro e viaja 80km para entregar kits de São João a cada aluno (MS)

Como a pandemia afastou os alunos das salas de aula, a professora Alice Ferraz achou uma forma criativa e carinhosa de matar a saudade...

Mães organizam festa para menino autista rejeitado em aniversário

Após ter sido rejeitado em uma festa de aniversário e taxado de "problemático" por ser autista, o pequeno Arthur ganhará uma festa só pra...

Esta mochila permite você se aventurar junto com seu catioro

A mochila é feita com um material e força de tração resistente a rasgos.

Menina com tumor no rosto encontra apoio nas redes sociais: ‘Ela não queria se olhar no espelho’

A pequena Vitória tem 6 anos e acumula mais de 31 mil seguidores no Instagram. Ela é um sucesso nas redes sociais, esbanjando estilo...

Instagram