Cidade dos EUA planta centenas de árvores em rota de estudantes para reduzir ilhas de calor

As temidas ilhas de calor se formam quando faltam áreas verdes e sobram ‘selvas de concreto’ nos grandes centros urbanos. Em alguns casos, a temperatura média da cidade pode ser de 4°C a 11°C mais quente do que a zona rural!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em Dallas, capital do Texas (EUA), a formação de ilhas de calor tem sido combatida de uma maneira super simples: plantando mais árvores.

O governo local mapeou quais partes da cidade são mais afetadas pelo efeito do fenômeno climático. O estudo demonstrou que o bairro Oak Cliff era o que mais sofria com o calor. O motivo? Pouquíssimos espaços verdes em uma área dominada por asfalto e concreto.

Para mudar esse cenário, as ONGs The Nature Conservancy, Trust for Public Land e Texas Trees Foundation se uniram com a comunidade e fizeram um plantio coletivo por todo o bairro com a ajuda de voluntários, entre estudantes e até párocos das igrejas locais. Cerca de 500 árvores já foram plantadas.

dallas plantio de árvores combate ilhas de calor
Em Dallas, a formação de ilhas de calor tem sido combatida com o plantio de árvores.

Interessante notar que o plantio se concentrou na área central do bairro, onde os estudantes passam todos os dias para irem à escola e onde há um maior fluxo de pessoas indo trabalhar ou fazer compras.

Leia também: Instituto fundado por jovem planta 2 milhões de árvores e refloresta área desmatada no RJ

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em outras palavras, a verba foi redirecionada para o ponto mais sensível de Oak Cliff, um local em que as altas temperaturas causadas pelas ilhas de calor desmotivavam as pessoas a saírem de suas casas. De quebra, as árvores não só deixaram o clima mais ameno, como embelezaram as ruas.

“Dallas é quente e cada vez mais quente, com temperaturas no verão regularmente acima de 30°C”, afirma Janette Monear, Presidente e CEO da Texas Trees Foundation.

Leia também: Pedreira cede terreno para plantio de horta comunitária em Juiz de Fora

“Nossa pesquisa revela que as árvores e os espaços verdes são três vezes mais eficazes do que outras estratégias para mitigar a crescente ilha de calor em Dallas. Podemos limpar e resfriar nosso ar consideravelmente plantando estrategicamente árvores por toda a cidade”, concluiu.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Ciclo Vivo/Fotos: Reprodução

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,324FãsCurtir
1,735,582SeguidoresSeguir
8,546SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram