Cidade dos EUA planta centenas de árvores em rota de estudantes para reduzir ilhas de calor

As temidas ilhas de calor se formam quando faltam áreas verdes e sobram ‘selvas de concreto’ nos grandes centros urbanos. Em alguns casos, a temperatura média da cidade pode ser de 4°C a 11°C mais quente do que a zona rural!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em Dallas, capital do Texas (EUA), a formação de ilhas de calor tem sido combatida de uma maneira super simples: plantando mais árvores.

O governo local mapeou quais partes da cidade são mais afetadas pelo efeito do fenômeno climático. O estudo demonstrou que o bairro Oak Cliff era o que mais sofria com o calor. O motivo? Pouquíssimos espaços verdes em uma área dominada por asfalto e concreto.

Para mudar esse cenário, as ONGs The Nature Conservancy, Trust for Public Land e Texas Trees Foundation se uniram com a comunidade e fizeram um plantio coletivo por todo o bairro com a ajuda de voluntários, entre estudantes e até párocos das igrejas locais. Cerca de 500 árvores já foram plantadas.

dallas plantio de árvores combate ilhas de calor
Em Dallas, a formação de ilhas de calor tem sido combatida com o plantio de árvores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Interessante notar que o plantio se concentrou na área central do bairro, onde os estudantes passam todos os dias para irem à escola e onde há um maior fluxo de pessoas indo trabalhar ou fazer compras.

Leia também: Instituto fundado por jovem planta 2 milhões de árvores e refloresta área desmatada no RJ

Em outras palavras, a verba foi redirecionada para o ponto mais sensível de Oak Cliff, um local em que as altas temperaturas causadas pelas ilhas de calor desmotivavam as pessoas a saírem de suas casas. De quebra, as árvores não só deixaram o clima mais ameno, como embelezaram as ruas.

“Dallas é quente e cada vez mais quente, com temperaturas no verão regularmente acima de 30°C”, afirma Janette Monear, Presidente e CEO da Texas Trees Foundation.

Leia também: Pedreira cede terreno para plantio de horta comunitária em Juiz de Fora

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossa pesquisa revela que as árvores e os espaços verdes são três vezes mais eficazes do que outras estratégias para mitigar a crescente ilha de calor em Dallas. Podemos limpar e resfriar nosso ar consideravelmente plantando estrategicamente árvores por toda a cidade”, concluiu.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Ciclo Vivo/Fotos: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

996,531FãsCurtir
1,940,187SeguidoresSeguir
9,507SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

USP cria ventilador pulmonar de baixo custo com tecnologia 100% brasileira

Cientistas da USP desenvolveram um protótipo de ventilador pulmonar emergencial capaz de ser produzido em massa para atender a demanda hospitalar de pacientes infectados...

Homem planta 152 milhões de árvores e refloresta manguezal sozinho no Senegal

Um homem aposentado plantou incríveis 152 milhões de árvores em um intervalo de 10 anos às margens do rio Casamansa, no Senegal. Plantando sem parar...

Nesse hotsite especial agrupamos vagas home office para ajudar você

Por conta do coronavirús, as empresas estão adotando o home office para driblar a crise. Para ajudar você que perdeu ou busca por um...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Cliente antecipa pagamentos para salão de sobrancelha passar por crise do coronavírus

A servidora pública Débora Benon, de Brasília (DF), tinha uma viagem planejada com o marido e os três filhos no início de abril. Mas veio...

Instagram