‘Delivery Reverso’ permite que pessoas doem alimentos sem sair de casa

Em parceria com a agência Grey, a ONG Banco de Alimentos criou o ‘Delivery Reverso’, uma iniciativa bem legal que visa arrecadar alimentos para pessoas carentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: 

A pizzaria Veridiana, em São Paulo, foi a primeira a aderir à iniciativa. De acordo com a fundadora e presidente da Banco de alimentos, Luciana Quintão, o objetivo da ação é criar uma rede de solidariedade.

Funciona assim: quando um cliente pede uma entrega dos restaurantes participantes, ele é consultado sobre o interesse em doar algum alimento para a ONG sem precisar sair de casa! A própria ONG faz a coleta e providencia a distribuição das doações para entidades beneficentes.

Qualquer estabelecimento que oferece o serviço de delivery e tem interesse em colaborar pode se cadastrar no site.

img-01-full

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

img-04-full

img-09-full

[Nota da Redação]

Esse conteúdo faz parte de um canal especial co-criado em parceria com a Electrolux para falarmos sobre gastronomia sustentável, acesse todas as matérias aqui.

Todas as imagens: Reprodução

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,750FãsCurtir
1,764,109SeguidoresSeguir
8,643SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram