Depois de passar por vários abrigos, rapaz de 26 anos é adotado por família em Florianópolis

O jovem Josué, de 26 anos, passou a vida inteira em abrigos. Ele conviveu com duas filhas interessadas em adotá-lo, mas o processo de adoção não foi pra frente por ele ter Síndrome de Down.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Maria de Lourdes Apolinário, a Lurdinha, conheceu Josué em setembro de 2012, durante um jantar organizado pela Cooperativa Social de Pais e Amigos Portadores de Deficiência (Coepad), em Florianópolis (SC).

16797927

“Naquela noite, se mostrando afetivo e educado, ele veio por três vezes até a nossa mesa nos cumprimentar”, lembra Maria de Lourdes.

Ela é divorciada e mãe de duas filhas biológicas, uma de 22 anos e outra de 25. Formada em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ela exerce o cargo de técnico judiciário no Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

16797923

Lurdinha conta que sempre quis adotar. Mas só agora, perto de se aposentar, ela vai poder realizar esse sonho. Maria de Lourdes mantém um relacionamento de nove anos com José Antônio Zorteía, também divorciado e pai de um casal de filhos – a moça tem 22 e o rapaz 31 anos.

Ela se aproximou de Josué aos poucos e com autorização judicial. Tudo começou com visitas ao Centro Educacional. Os passeios e o convívio familiar vieram depois. A guarda provisória termina em novembro e, se tudo continuar saindo bem, a guarda definitiva será concedida. Josué passará a se chamar Josué Antonio (homenagem ao companheiro de Maria de Lourdes) Apolinario e terá duas irmãs, Érica e Natália.

16797928

Josué tem dificuldade para se comunicar por causa da falta de estímulos. Ele apresenta atraso no desenvolvimento da linguagem e alterações de órgãos fonoarticulatórios e funções neurovegetativas. Mas, desde que começou a ser acompanhado por uma fonoaudióloga, apresenta melhoras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após ser devolvido por duas famílias, hoje Josué vive com uma família que o recebeu de braços abertos, independente da sua condição. Ele vive em um aconchegante apartamento em Florianópolis e tem muitos motivos para continuar sorrindo.

16797929

Com informações do DC

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Você nunca mais jogará fora o lixo da mesma maneira

Talvez você já tenha tentado esticar o saco plástico de supermercado, tentando encaixá-lo na lixeira. O problema é que sacos retangulares raramente cabem confortavelmente...

Coronavírus: Magazine Luiza doa R$ 10 milhões em equipamentos para hospitais

A empresária Luiza Trajano, 68 anos, anunciou que o Magazine Luiza doará R$ 10 milhões em equipamentos e outros itens para o tratamento das...

Ex-doméstica que estudou com livros retirados do lixo se forma em Direito

A ex-empregada doméstica Andreia Tavares, 31 anos, é fonte de uma história incrível de perseverança e superação. Recentemente, ela se formou em Direito, passou no...

Gay e deficiente: jovem relata superação após acidente e como se redescobriu sexualmente

Brendo Martins sofreu um atropelamento e ficou paraplégico. Durante sua recuperação, ele se redescobriu sexualmente.

Campanha Janeiro Branco chega a sua 5ª edição e ganha todo o país

Campanha pretende mobilizar sociedade em favor da Saúde Mental com ações que serão realizadas em várias cidades do país ao longo do mês de...

Instagram

Depois de passar por vários abrigos, rapaz de 26 anos é adotado por família em Florianópolis 3