Depois de registro em cartório, candidatos de BH pedem votos para outros candidatos

Falamos aqui na semana passada sobre um grupo de candidatos a vereadores de Belo Horizonte que registrou em cartório o compromisso de doar 70% do salário, entre outros compromissos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois bem, os candidatos acabaram de lançar um vídeo onde cada um deles pede ao eleitor para votar em outros candidatos do movimento “Cidade Que Queremos”.

Roberto Andrés, um dos integrantes do movimento, chama essa união de candidatura coletiva: “As candidaturas coletivas se baseiam em alguns compromissos comuns. Redução de privilégios, mandatos abertos para a cidade”, explica.

“Além disso, cada vereador tem suas pautas. O grupo tem, por exemplo, a primeira candidata indígena e a primeira candidata transexual de BH. Então, pensamos em mandatos coletivos, mas cada um que ganhar vai ter ênfases diferentes, o que é normal, porque cada um tem sua história e suas pautas.”

Assista ao vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O site do movimento é o somosmuitas.com.br e na descrição está assim:

“Nos últimos anos, BH foi à luta: nas ruas, no carnaval, na Praia da Estação, nos movimentos sociais, nas ocupações. Juntas, redescobrimos a potência da coletividade e aprendemos que a cidade é nossa. E pode ser como queremos.

Agora, queremos ocupar mais do que as ruas, queremos ocupar espaços de poder. Queremos participar das decisões e fazer política como fazemos festa: com alegria e com a participação de todas. Essa é a proposta da movimentação MUITAS pela Cidade que Queremos. Vamos juntas?”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,499,046SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Cuidadora rebate críticas à sua amizade com idosa com mais amor

Quando o amor está acima de acordos profissionais.

Teste sua atenção e descubra que seu cérebro só vê o que você foca

Este vídeo lhe mostrará através de um teste o tamanho da sua capacidade de concentração. Eu fiz e me surpreendi, vejam:

Mulher compra abrigo de cães, porque não sabia qual cão salvar

Escolher qual cão adotar é uma missão difícil. Não foi diferente para Danielle Éden, quando ela visitou um abrigo de cães em Israel. Todos...

‘Já para a cadeia’: senhora de 93 anos realiza desejo de ser ‘presa’

A polícia do Reino Unido prendeu uma senhora de 93 anos! Mas, calma, ela não cometeu nenhum delito: era um desejo dela ser presa,...

Instagram