Depois de receber uma surpresa no Dia dos Namorados, idosa morre com poucos meses de diferença do marido

Antônia da Rocha de Farias, de 81 anos, de Goiânia, recebeu uma linda surpresa no Dia dos Namorados desse ano. Seu marido, Otonio Dantas de Farias, de 85 anos, mesmo internado na UTI com problemas respiratórios, no Hospital de Goiânia, pediu para que as enfermeiras preparassem uma recepção diferente, em homenagem a Antônia. O casal comemorava 63 anos de casados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só que apenas três dias depois do ocorrido, Otonio não resistiu e faleceu, o que abalou muito a idosa. Sofrendo muito, após dois meses da morte do marido, Antônia foi internada também com pneumonia, em agosto.

Porém, dona Antônia não resistiu e e morreu neste domingo (15), no Hospital São Domingos, em Goiânia.

“Ela estava sofrendo muito, ela ficou dois meses internada. No sábado fez quatro meses que meu avô faleceu e no domingo ela não aguentou, e veio a falecer também”, conta o neto do casal, que tem o mesmo nome do avô, Otonio Dantas de Farias Neto.

O casal deixa 10 filhos e 13 netos e uma ótima lembrança do amor deles para todos.

Via

Foto: Intensicare

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,752FãsCurtir
1,764,126SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram