Deputados do Acre votam por fim de auxílios e vantagens indevidas

A Assembleia Legislativa do Acre, composta por 24 deputados estaduais, decretou em lei o fim dos chamados “penduricalhos” políticos, como auxílio-moradia, auxílio-saúde e auxílio-paletó, que garantia ampla bonança financeira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Batizado de PL Complementar 352, de outubro deste ano, o projeto de lei obteve o apoio de todos os 24 parlamentares, de todos os partidos do espectro político. A unanimidade foi comemorada pelos deputados, que não contavam com o apoio de políticos reeleitos, uma vez que, sem os auxílios, perderiam boa parte de sua renda mensal a partir do ano que vem.

Deputados do Acre votam por fim de auxílios e vantagens indevidas
Foto: Reprodução / ALEAC

Segundo assessores da Assembleia Legislativa, o projeto de lei não foi amplamente divulgado porque os parlamentares, surpreendentemente, não queriam se aproveitar eleitoralmente da decisão, de modo que nenhum deles tirou qualquer proveito da situação.

O objetivo conjunto era “estabelecer regras éticas e justas acompanhando as grandes transformações da sociedade”, conforme informado pela Mesa Diretora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémMais uma vez o Maranhão dá exemplo aprovando fim do auxílio-moradia dos deputados

“O fim desses famigerados auxílios é uma exigência da população”, disse um deputado reeleito que preferiu não ter o nome informado. “Alguém poderia questionar também: Por que não fizeram antes? [Mas] creio que esse é o momento certo”, explicou.

Em 2019, na próxima legislatura, os deputados estaduais do Acre receberão apenas o chamado “provento bruto” (salário), a “verba de gabinete” (despesas com assessores) e a “verba indenizatória” (repassada aos municípios), gerando uma economia total de R$ 115,2 milhões em quatro anos.

Leia tambémDeputado rejeita auxílio-moradia e divide “república” com funcionários

“É uma economia significativa que pode ser direcionada para atividades sociais, qualificação de servidores, reforma e ampliação de estruturas físicas e outras situações”, acentuou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O corte de despesas caminha em direção à moralização da administração pública brasileira, disse um deputado. Para ele, a decisão da Assembleia Legislativa do Acre de derrubar privilégios e penduricalhos aristocráticos é um passo importantíssimo rumo a redução da desigualdade de salários das autoridades dos demais poderes e instituições.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Três de Julho Notícias
Foto de capa: Reprodução / ALEAC

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Artista nigeriano desenha quadros hiper-realistas com caneta Bic. Fotos são surreais!

Você com certeza já usou uma caneta esferográfica na escola, certo? Se disse não, é porque normalmente a chama de Bic®! Mas alguma vez...

Jovem é aplaudido de pé ao receber diploma no mesmo campo onde perdeu movimento das pernas

Em 2018, o estudante Hayden Hamilton, de Pittsburgh (EUA), perdeu boa parte da sensibilidade e movimentação das pernas após sofrer uma grave lesão durante...

Senhor de 80 anos realiza sonho antigo e faz 5 aulas de balé por dia, no RJ

Nunca é tarde para começarmos algo novo, sair da zona de conforto e correr atrás de nossos sonhos. É esse ensinamento que nos deixa,...

Desempregada pede ajuda a ex-patrão e ele doa R$ 20 mil para levar comida a 170 famílias

Uma história para deixar o nosso coração quentinho. Uma mulher perdeu o emprego por causa da pandemia de coronavírus. Ela decidiu procurar seu antigo...

Instagram