Desconhecida cria rede de solidariedade para ajudar pai que pedia dinheiro no semáforo

Quantas vezes você já passou direto ou fingiu que não viu alguém pedindo na rua? Essa jovem resolveu escutar o que um pedinte dizia e acabou criando uma rede de solidariedade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Renata Stort mora em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Nesta terça-feira (7), no caminho para o trabalho, em Diadema, ela abriu o vidro do carro para falar com um homem que pedia dinheiro no semáforo.

“Ele disse: moça, esse é o último carro que eu peço dinheiro hoje porque a humilhação que tô vivendo já me fez desistir de tudo”, escreveu Renata em um post no Facebook. A publicação teve mais de 12 mil compartilhamentos e 11 mil reações.

Renata precisou segurar o choro. “Esse cara precise de alguém que olhe para ele e veja oportunidade, que veja humanidade, que veja vida. Ficar triste e chorar é humilhar o cara duas vezes”, afirmou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rodrigo é de Curitiba e chegou a São Paulo com a esposa e o filho de 2 anos.

“É pintor de mão cheia. Deu detalhes pra mim de tudo o que sabe fazer que vai desde pintura predial até acabamentos mais detalhados. Ele não tem celular porque precisou vender mas fica todo dia no semáforo da Avenida Piraporinha x Rua Antonio Dias Adorno (em frente ao EXTRA. Por favor, se souber de um bico, trampo, serviço, qualquer coisa pro Rodrigo não desistir dele e nem de nós (mundo) avisa”, pediu Renata.

Muitas pessoas se solidarizaram e começaram a perguntar como poderiam ajudar. “Eu tenho um celular pra dar pra ele”, comentou uma usuária. “Rê eu tenho uma oportunidade para oferecer para ele”, disse outra.

Ela atualizou o post com a imensa repercussão da rede de solidariedade que gerou:

“Recebi centenas de mensagens com intenções de ajuda para o Rodrigo. Peço desculpas por não conseguir ler todas.
Nosso movimento aqui já gerou muitas coisas boas. Conseguimos duas entrevistas de emprego para ele, um aparelho celular e R$150,00 que irei ver quais são as urgências dele.
AMANHÃ DEPOIS QUE EU ENTREGAR O TELEFONE PARA ELE, IREI POSTAR O NÚMERO AQUI PARA AJUDAS E PROPOSTAS DE EMPREGO.”

“Gratidão é o que sinto em ver tanta gente se movimentando para ajudar”, comentou Renata.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagem: Reprodução/Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,575,137SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

31 gatos fofos olhando o horizonte através da janela de casa

Seu modo individualista de viver faz deles umas criaturinhas bem incomuns, são poucos os que realmente demonstram carinho ou até mesmo o que querem...

Livro documenta amizades improváveis de animais completamente diferentes

O livro “Unlikely Friendships: 47 Remarkable Stories from the Animal Kingdom” é um registro de contos que documenta histórias surpreendentes de animais que, sem nada em comum...

Sem carro, protetor enfrenta longas distâncias a pé para alimentar e resgatar animais de rua (SP)

O protetor Adriano Lemos move céus e terras para dar assistência a cães de rua e de famílias pobres de Rio Claro (SP), mesmo...

Alemão veste saias para apoiar filho de 5 anos que gosta de usar vestidos

O que fazer quando seu filho de 5 anos quer trocar a roupa que normalmente usa, por uma do seu gênero oposto? Muitos reagiriam podando...

Esta Golden Retriever sofria maus tratos, mas foi resgatada e escolhe seu primeiro brinquedo da vida

Alguns pequenos momentos que nos fazem ter nossa esperança renovada! Com apenas um ano de idade, a Golden Retriever Roo só conhecia uma vida de...

Instagram