Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça

Para a maioria dos adolescentes, chegar em casa depois de um dia agitado na escola é o ponto alto do dia, mas o oposto é verdadeiro para uma caloura da High Point Central High School, na Carolina do Norte (EUA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Embora Almay Belton, de 14 anos, esteja ansiosa para voltar para casa todos os dias, sua rotina não é a mesma de todos os outros.

Enquanto boa parte de seus colegas podem entrar facilmente em casa quando saem do ônibus escolar, não é tão fácil para Almay, uma vez que ela faz uso de uma cadeira de rodas.

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça

Até então, todos os dias seu pai, Anthony Belton, esperava ela chegar em casa para ajudá-la a subir os degraus da frente que não possuem rampa de acessibilidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando ela sai do ônibus, logo a vejo entristecida por lembrar dos degraus que terá de subir”, disse Anthony . “Ao mesmo tempo, é difícil para mim levantá-la, pois sinto dores nas costas… Não sou tão jovem quanto antes”.

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça 2

Joe Hill, o proprietário da “Premier Impermeabilização”, estava no bairro de Almay no final do ano passado para fazer um serviço. A caminho do cliente, ele observou como Anthony ajudava sua filha a descer do ônibus e levantava sua cadeira de rodas pelas escadas, que nunca contam com uma rampa de acessibilidade.

Joe queria ajudar, então bateu na porta da família e fez uma oferta.

“Ele disse: ‘Eu estava pensando, você se importaria se eu viesse aqui e construísse uma rampa para você de graça?’ e eu meio que olhei para ele de forma engraçada e disse, ‘sim, tudo bem’, mas meio desconfiado. Nada é à toa”, disse Anthony.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas como o pai de Almay logo descobriria, o gentil estranho quis cumprir cada palavra dita naquele primeiro encontro. No dia 13 de dezembro, ele voltou com sua equipe para construir a rampa de acessibilidade para a adolescente. E a melhor parte é que eles fizeram tudo de graça mesmo!

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça 3

Concluída a obra, Joe e Anthony esperaram juntos para surpreender Almay, assim que ela chegou da escola. Quando ela desceu do ônibus, não pôde deixar de abrir um sorriso enorme ao ver a rampa.

“Ela começou a sorrir. Tudo o que posso dizer é que nada no mundo pode colocar um sorriso no rosto do pai como ver seus filhos sorrirem”, disse Anthony sobre a reação de Almay.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Joe adorou ver a reação de Almay também… Fez ele ganhar o dia! “O sorriso dela foi encantador. Fico feliz em saber que agora ela poderá entrar em casa sozinha, tendo assim mais independência”.

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça 4

Almay não terá mais que se frustrar ao chegar em casa, pois a rampa foi feita de forma personalizada para ela.

Anthony está impressionado com a forma como tudo aconteceu. Afinal, não é todo dia que você conhece alguém como Joe, que se ofereceu para ajudar sua família de uma forma tão bonita sem esperar nada em troca.

“Eles não se conheciam. Eu também não. Até então, foi a primeira vez que o vi. Mas ele não se importou com isso e estendeu sua mão. Hoje temos uma conexão, somos amigos e o admiro por seu grande coração”, disse Anthony.

Joe atribuiu sua atitude ao seu respeito pelas crianças e pelo chamado em ajudar Almay assim que a viu passando por todo aquele constrangimento com o pai.

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça 5

“Eu vi uma necessidade, sabia que poderia cuidar disso e foi a partir daí que comecei”, completou o marceneiro.

“Precisamos ter mais bons samaritanos aqui fazendo a mesma coisa”, disse Anthony. “Ajudar uns aos outros é fundamental. Precisamos estar lá uns para os outros. E por ele fazer isso, mostra que existem pessoas no mundo que têm coração. Pessoas que se importam com outras pessoas”, completou o pai de Almay.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Fonte: Positivley
Fotos: Reprodução / YouTube

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cadeirante doa dinheiro de seu tratamento de células tronco para criança que não pode andar

Há cinco anos, Dan Black ficou paralisado depois de um acidente de bicicleta. Desde então, ele vinha juntando dinheiro para um tratamento com células...

Instituto Federal de Roraima forma primeira turma 100% indígena da sua história

Um total de 21 estudantes comemoraram a conclusão do curso Técnico em Agropecuária, no Campus Amajari, pertencente ao Instituto Federal de Roraima. A turma é...

Um dia na cama

Quem nunca pensou em passar um dia inteiro na cama? Mas alguém pensou como seria esse dia...em stopmotion, de forma bem criativa! O resultado? Olha aí...

Há 50 anos juntos: Marido se desdobra para dar qualidade de vida à mulher que tem Alzheimer

Estar com alguém que você ama e que quer ficar até o fim da vida pode parecer historinha pra criança dormir nos dias de...

Aniversário solidário: homem comemora arrecadando duas toneladas de alimentos para doação

Ao completar 50 anos, Edson Constâcio, mais conhecido como Ari, realizou um 'aniversário solidário' na cidade de Palmital (SP). O comerciante arrecadou cerca de...

Instagram

Desconhecido nota pai e filha lutando com cadeira de rodas e se oferece para construir rampa de graça 6