Desconhecidos juntam R$ 10 milhões para homem inocente que ficou preso injustamente por 43 anos

Um homem inocente que cumpriu 43 anos de prisão por um triplo homicídio que não cometeu foi finalmente libertado de uma penitenciária do Missouri, no centro-oeste dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A lei do Missouri afirma que apenas as evidências de DNA podem fazer com que alguém indevidamente preso receba US$ 50 por dia de confinamento pós-condenação. Kevin Strickland não foi libertado dessa forma, mas através de trâmites burocráticos.

Assim, para ajudá-lo em seu processo de ressocialização após tanto tempo encarcerado, um grupo de desconhecidos criou uma vaquinha virtual que arrecadou incríveis US$ 1,74 milhão (cerca de R$ 10 milhões) através das doações de 30 mil pessoas.

Desconhecidos juntam R$ 10 milhões para homem inocente que ficou preso injustamente por 43 anos

Kevin foi enviado para a prisão em 1979, mas manteve a certeza de sua inocência por quatro décadas. Ele foi acusado pelo assassinato de três pessoas, e uma testemunha ocular, Cynthia Douglas, foi pressionada pela polícia para “identificar” o rapaz em uma fila de possíveis criminosos. Kevin foi condenado com base em um palpite.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele disse que estava assistindo à televisão na época, e nenhuma evidência física o ligou à cena do crime.

Anos mais tarde, Cynthia entrou em contato com a ONG Missouri Innocents Project com o desejo de retratar seu testemunho, mas morreu antes que pudesse concretizá-lo. Seus filhos declararam que era sua vontade ver Kevin ser libertado, o que levou a um reexame de seu caso, levando à sua libertação.

Desconhecidos juntam R$ 10 milhões para homem inocente que ficou preso injustamente por 43 anos

Entre as milhares de contribuições da arrecadação de fundos havia mensagens de apoio comoventes.

Douglas Newel doou US$ 25, dizendo: “Perceber quantas pessoas contribuíram para esta causa e ler algumas das mensagens fez meu coração se sentir pelo menos um pouco melhor. Espero que aconteça o mesmo com Kevin.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Olhe para frente”, escreveu William Elliot ao lado de sua doação de US$ 100. “Não se permita ser um prisioneiro do passado. Você agora está no comando de sua vida. Viva com ousadia!”

No direito penal, a proporção de Blackstone parte da a ideia de que: É melhor que 10 culpados escapem do que 1 inocente sofra injustamente, como expresso pelo jurista inglês William Blackstone em seu trabalho seminal “Comentários sobre as Leis da Inglaterra”, publicado na década de 1760.

Infelizmente, Kevin sofreu por décadas uma decisão injusta, mas ganhou, apesar de tardiamente, a oportunidade de viver uma nova vida – feliz e livre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

Fonte: ?
Fotos: ?

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em meio à guerra, soldados de Iraque e EUA se apaixonam

Uma história que faz a gente acreditar que o amor pode florescer em lugares onde só vemos ódio e dor.

Criança comanda projeto que recolhe lixo eletrônico na casa das pessoas e ensina como descartá-los

Victor Ruffino comanda um projeto que recolhe o resíduo eletrônico na casa das pessoas, ensina como descartá-lo e leva o que ainda pode ser...

3 avós italianos realizam o sonho de concluir Ensino Médio e nos ensinam a nunca desistir

Nicola Bellacicco, 88 anos, Domenica Nettis, 78 anos, e Imma Scarciolla, 69 anos, realizaram o grande sonho de suas vidas: terminar o ensino médio. Os...

Finlândia cria pão feito de grilos triturados

Cada pão contém 70 grilos domésticos.

Dove e Getty Images fazem parceria para montar biblioteca online de fotos com mulheres reais

A Dove, juntamente com seus parceiros, Getty Images e Girlgaze, anunciou o projeto #ShowUs; sua maior e mais ambiciosa iniciativa até o momento. Com...

Instagram