Desconhecidos convidam refugiada para fazer almoço com pratos típicos do seu país

Contamos aqui a história da nigeriana Latifah Hassam, que vive no Rio de Janeiro com a filha, Thekyat, e vende esfihas no Largo do Machado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Latifah falou da sua vontade de vender comidas típicas da Nigéria. A Vitória Faoro e a amiga Gabriela Sales ficaram curiosas e decidiram chamar Latifah para fazer um almoço.

latifah1

“Juntamos a fome com a vontade de comer (literalmente) de vários amigos e a convidamos para fazer um almoço para que nós pudéssemos conhecer a culinária nigeriana”, escreveu Vitoria em um post no Facebook.

Latifah cozinhou para 30 pessoas, como se ela fizesse aquilo toda semana, conta Vitória.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

13466513_10206455426330664_7451649620224188109_n

“De suas panelas saíram arroz jollof, arroz frito, sopa de peixe com fufu, pratos com quiabo, frango, carne, receitas tão variadas que fica difícil descrever a mistura de cheiros, temperos e culturas que vivemos ontem”, conta Vitória. “Uma experiência única que merece ser vivida”.

13532976_10206455750018756_7496886190098979939_n

Latifah ligou para Vitória agradecendo o convite e pediu ajuda para conseguir outros trabalhos como esse. “Seu sonho é abrir um restaurante de comida nigeriana aqui, e talvez esse seja o primeiro passo para chegar lá”.

Vamos ajudar Latifah a realizar esse sonho? O seu telefone para contato é o (21) 981505137.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Reprodução/Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,130,150SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bate meta da vaquinha para ajudar idosa com câncer abandonada em hospital pela filha

Mesmo com tantas dificuldades, a técnica de enfermagem, Verônica Grossi, adotou a dona Maria, o valor arrecadado na vaquinha ajudará com os custos do tratamento, além de remédios e fraldas.

Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante...

Youtuber paga R$ 1.000 por uma rosa

Já imaginou vender uma flor e receber R$ 1.000 como pagamento? Foi o que aconteceu com uma senhora que vende rosas nas rua. O John...

Caixa eletrônico permite sacar dinheiro de graça desde que você compartilhe-o

A Coca-Cola instalou na Espanha, mesmo em meio à crise européia, um caixa eletrônico diferente, chamado de El Cajero de la felicidad: na tela, quem...

Quem vive no interior está mais satisfeito com a vida, segundo pesquisa

Se até pouco tempo atrás as pessoas costumavam sair das cidades pequenas para viver nas grandes metrópoles, isso vem mudando cada vez mais. Muita...

Instagram

Desconhecidos convidam refugiada para fazer almoço com pratos típicos do seu país 3