Desempregado que virou doméstico causa comoção do bem na internet

O “Seu Zé”, como é conhecido, passou um ano e meio desempregado, fazendo bicos para poder se alimentar e pagar o aluguel da casa onde vive, até que ele se descobriu um ótimo faxineiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

José Ferrer, 50 anos, tirou da cabeça que faxina é coisa de mulher e começou a trabalhar como faxineiro, no dia 31 de dezembro de 2015, no Rio de Janeiro.

O serviço encantou a patroa, a fotógrafa Bhia Correia, que contou o caso na sua página no Facebook:

“Seu Zé é esforçado e honesto, e sim eu confio no Seu Zé, um homem que nunca aceitou viver de doação, não seria capaz de roubar ninguém…”

“Seu Zé quer com seu trabalho, comprar um barraco na favela, que custam 10 faxinas. Seu Zé quer com seu trabalho consertar seus dentes, que custam outras 10 faxinas. Seu Zé hoje vai comprar um gás e duas lâmpadas com o dinheiro do seu trabalho.”

A história emocionou muita gente na rede social e, em pouco tempo, ele começou a receber ligações de pessoas dispostas a ajudá-lo, chamando-o para entrevistas de emprego e novas faxinas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Foi uma surpresa receber tantas ligações. Já me perguntaram se eu fazia outras coisas. Passar roupa até aceito, mas cozinhar não”, disse Seu Zé, que não tem Facebook, ao saber da repercussão.

via [Jornal Meia Hora]

Leia também:

Sabão caseiro de dona de casa de 61 anos viraliza e recebe encomendas até da Suiça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Moradores de rua ganham dia de beleza e kits de higiene em Goiânia

“Levar mais que cuidados básicos para a população carente, mas também dar um pouco de carinho para essas pessoas que tem uma vida tão restrita”, afirma a idealizadora do projeto.

Com dinheiro de floricultura que abriu para ajudar mãe, menino reúne toda família novamente

O Aaron tem apenas 8 anos e deixou a sua mãe, Berenice Pacheco, bastante orgulhosa. Esse garotinho resolveu abrir uma pequena floricultura, sozinho, depois...

Filho registra emocionante progresso do pai com Alzheimer após uso da Cannabis medicinal

"Não lembro quando foi a última vez que o meu pai me chamou de filho e disse que me ama, mas hoje foi esse dia", relata filho em vídeo emocionante.

10 imagens raras de bebês que nasceram envoltos na bolsa amniótica

Apenas um em cada 80.000 bebês nasce com a membrana ligada ao seu corpo.

Casal junto há 37 anos sempre se veste com incríveis looks combinados no Japão

Dizem que quando você está há muito tempo com alguém, invariavelmente você adquire hábitos do(a) seu(a) parceiro(a). Bom, mas este casal japonês foi um...

Instagram