Desenganado pelos médicos, menino com leucemia chora ao receber alta

Clique e ouça:

O pequeno Marcelo Otávio Gomes, 7 anos, recebeu alta do Hospital do Câncer Infantil (Gpaci) de Sorocaba (SP) após vencer uma leucemia diagnosticada meses antes. Ele foi liberado da instituição na terça-feira (2o) e recebeu uma surpresa da Guarda Civil Municipal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os agentes se comoveram com a história do menino ao conhecê-lo dias antes, durante uma simulação de incêndio no prédio do hospital. A equipe médica do Gpaci então fez um convite aos guardas, que toparam visitar Marcelinho.

Ajuda para idosa com câncer abandonada pela filha

“Lembro que no dia eu estava dando banho nele e fomos rápidos para poder receber a visita. O sonho dele era ver os oficiais de perto e ficamos muito felizes com a presença no hospital”, conta Simone Nascimento, mãe do menino.

menino chorando

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Naquela aguardada manhã de terça-feira, Marcelinho teve dois trajes para comemorar sua saída: um de cowboy, escolhido por ele mesmo, e uma farda recebida pela GCM.

Leia também: Advogado curado de leucemia junta dinheiro para dar casa à sua doadora

“Como pai, nós da equipe nos emocionamos e buscamos ajudar para que o Marcelinho possa começar essa nova fase com mais esperança e motivação”, conta o guarda Armênio.

menino vestido cowboy alta hospital

Quadro grave de leucemia

A médica responsável pelo tratamento oncológico do menino, Luiza Milaré, conta que chegou a desenganar a família sobre a chance de sobrevivência de Marcelo. “O quadro dele era grave. Ele chegou enfraquecido e ficou mais doente pelo efeito da quimioterapia”, comenta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Professora com leucemia é homenageada por 300 alunos em hospital de Bento Gonçalves (RS)

“Desconfiamos de leptospirose no início e ele até precisou ser entubado. Chegamos a avisar a família que ele não sobreviveria. Ficamos todos surpresos com a evolução dele e estamos muito felizes.”

menino vestido policial cumprimentando policial

Até outubro, Marcelinho voltará ao hospital para realizar exames e acompanhamento pós-remissão. O pai do menino, Marcelo José Gomes, que trabalha como motorista, agradece a Deus pela alta do filho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino pais quarto hospital

“Agradeço também a todos os funcionários do hospital pela ajuda, não há palavras para descrever a emoção. Daqui para frente vamos reavaliar e dar mais valor à vida“, conta.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Mayara Corrêa/TV TEM

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,072,584FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,228SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos dão vida nova a idoso que recebeu arroz com ração de cachorro para comer

A história de seu José Adan começou triste, mas terminou muito feliz. Ele é um senhor idoso que vive em situação de rua e...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante...

Após vídeo viralizar, idoso recebe apoio de desconhecidos para salvar sua camisaria em SP

Apenas seis! Essa é a quantidade de camisas que o seu Odiney Pedroso, um senhorzinho prestes a completar 90 anos, vendeu desde o início...

Em apenas 24h, vaquinha para menino que cuida sozinho da mãe doente arrecada mais de R$277 mil

Genteeee, que alegria! Em menos de 24h, batemos a meta da vaquinha para comprar uma casa para o menino José, 15 anos, a mãe...

Instagram

Desenganado pelos médicos, menino com leucemia chora ao receber alta 14