Designer oferece cursos gratuitos para jovens de baixa renda em SP

Mateus Bagatini é um jovem designer da empresa Questtonó, uma das maiores na área de inovação gráfica e comunicação do país. Ele cresceu na periferia de Ribeirão Preto (SP) e se formou em comunicação através do Prouni. Para que jovens de baixa renda tenham a mesma oportunidade, Mateus criou o Design para as Bordas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ter vindo de uma realidade completamente humilde e ter acessado um mundo completamente novo graças à minha ascensão social me abriu ainda mais os olhos sobre como o mundo é desigual, e como os ricos fazem pouco ou quase nada para reduzir a desigualdade social. Acho que temos que dar mais, muito mais”, avalia Mateus.

Mercado desigual

A criatividade é um dos elementos mais importantes para a profissão de designer. Mas só isso não basta. Segundo estudo realizado pelo Firjan SENAI, os profissionais do mercado criativo são compostos, em sua maioria, por pessoas de renda média e alta, dificultando a inserção de pessoas com poucos recursos para financiar a formação que o mercado exige.

Foto: Reprodução/Design para as Bordas

“Sempre que tínhamos que contratar alguém vinha a famosa frase: ‘é difícil encontrar o perfil’. E isso acontece pois vivemos em nichos, além dos cursos do mercado criativo serem caros e elitistas. E claro que ter um quadro mais diverso, seja por perfil social ou étnico, só cria ambientes mais ricos e preparados para lidar com a realidade tão diversa que é o Brasil”, explica Mateus.

Foto: Reprodução/Design para as Bordas

Levar mais diversidade ao mercado de design, para Mateus, também é corrigir “erros históricos”: “Antes de pensarmos em ganho, acho que é importante lembrar da necessidade de corrigirmos erros históricos, principalmente contra a população negra e os pobres que foram explorados pelas elites. Conseguir formar esses jovens para o mercado criativo, e também encontrar caminhos de inseri-los nesse mercado, se torna uma alavanca para a completa mudança social da vida econômica deles”, esclareceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os cursos

O Design para as Bordas é composto por três cursos principais que são oferecidos gratuitamente aos jovens inscritos: Design de Interface Digitais, Layouts Gráficos e Manipulação de Imagens. O primeiro curso foi realizado em julho deste ano.

“Tivemos um curso protótipo que foi incrível. Utilizamos esses cursos curtos para identificar talentos e direcioná-los para estágios em empresas do mercado criativo”, disse Mateus.

Leia também:

O próximo curso é o de Design de Interfaces Digitais e as aulas acontecerão nos dias 9, 16, 23 e 30 de novembro, das 10h às 15h, na empresa Questtonó. Os interessados precisam ter entre 16 e 18 anos de idade, viver em famílias de baixa renda e ser da região metropolitana de São Paulo.

Eles recebem uma bolsa no valor de R$ 200,00. As aulas são ministradas por professores voluntários. Ao final, os alunos saem com atividades prontas para compor um portfólio e aplicar no mercado de trabalho. Inscreva-se clicando aqui.

Foto: Reprodução/Design para as Bordas

Parceria com empresas

A ideia do projeto é que as aulas sejam ministradas em empresas para aumentar ainda mais a troca de conhecimentos e a diversidade. O objetivo do Mateus é conseguir que as empresas parceiras financiem as bolsas que são concedidas para os alunos. As empresas interessadas em sediar as aulas ou apoiar o curso financeiramente podem clicar aqui.

“Nós, enquanto designers, publicitários e marqueteiros brancos e ricos, não podemos mais querer decidir e desenhar tudo para todos, é preciso abrir espaços de fala e diversidade para que qualquer criação de solução ou comunicação seja real e embasada em experiências que retratam todos os extratos da realidade brasileira”, finalizou Mateus.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

beija-flor

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,264FãsCurtir
1,760,762SeguidoresSeguir
8,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Instagram