Detentas tocam cooperativa de artesanato e costura em SP

Um grupo de 30 presidiárias toca uma cooperativa de artesanato e costura, na detenção feminina de Tremembé 2, interior de São Paulo. A iniciativa é uma proposta da ONG Humanitas360, após negociações com o Governo e a Justiça do Estado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Trata-se apenas da segunda cooperativa formada por detentas nos presídios do Brasil, que carregam a triste marca de ter a terceira maior população carcerária do mundo.

O projeto foi inspirado na cooperativa de presidiárias de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, no Pará, de acordo com uma reportagem da BBC News Brasil.

“Quando explicamos o projeto, poucas presas quiseram participar. Depois, uma foi contando para a outra e chegamos em 30 pessoas. Hoje, o presídio inteiro quer entrar”, afirmou o vice-presidentes de operações da ONG, Ricardo Anderáos.

Leia também: Detentos produzem 200 mil peças de eletroeletrônica em presídio

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cooperativa funciona em três salas pequenas numa área separada das celas onde as presidiárias ficam alojadas. Todos os dias, elas deixam as celas para trabalhar e manter a cabeça ocupada – bem longe de confusões que podem agravar sua situação na cadeia.

“Um dos pontos chaves da violência social é a questão carcerária. O encarceramento em massa alimenta facções criminosas, pois em geral você coloca pessoas condenadas por delitos não violentos para serem alistadas por grupos de criminosos”, explica Anderáos.

Graças à cooperativa, as detentas conseguem remissão de pena – um dia de pena para cada três trabalhados – e se comprometem a dividir o lucro dos produtos comercializados.

Há alguns meses as ‘sócias’ da cooperativa participam de oficinas de desenho, costura, artesanato e design. A ideia é formar profissionais com múltiplas habilidades, espírito empreendedor e deixar a criatividade tomar conta da elaboração dos produtos.

Em um futuro próximo, esses itens serão vendidos em lojas fora da prisão. O primeiro cliente da cooperativa será o próprio Governo de São Paulo, que se comprometeu a comprar as primeiras criações da cooperativa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das fotos: BBC News Brasil/Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vaquinha para gari que teve moto furtada após saber da morte da mãe arrecada quase 50 mil em 24h

Quando André saiu do hospital, sua moto tinha sido roubada. Emocionado, ele pede ajuda em vídeo.

Hambúrguer de caju criado no Ceará aproveita fibras da fruta antes descartadas

Uma excelente notícia para vegetarianos e veganos, ou para quem adora se deliciar com comidas diferentes, acaba de nascer o hámburguer de caju. Isso mesmo! Nas...

Mãe do goleiro Danilo faz pedido emocionante à repórter: “Posso te dar um abraço em nome da imprensa?”

Temos visto manifestações incríveis de solidariedade pelo Brasil e pelo mundo em torno da tragédia envolvendo o time do Chapecoense - veja nossa cobertura...

Sai fora! Conheça 19 gatos engraçados e nada chegados a carinhos, nem a fotografias

Quem já teve um gato ou pelo menos ficou algum tempo perto de um bichano sabe que eles têm dias e dias. Às vezes...

Homem em situação de rua ganha a vida vendendo livros que encontra no lixo

Odilon Tavares vive em Belo Horizonte e é catador de recicláveis em sua cidade. Em situação de rua, ele já trabalhou como auxiliar de...

Instagram