Detentas tocam cooperativa de artesanato e costura em SP

Um grupo de 30 presidiárias toca uma cooperativa de artesanato e costura, na detenção feminina de Tremembé 2, interior de São Paulo. A iniciativa é uma proposta da ONG Humanitas360, após negociações com o Governo e a Justiça do Estado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Trata-se apenas da segunda cooperativa formada por detentas nos presídios do Brasil, que carregam a triste marca de ter a terceira maior população carcerária do mundo.

O projeto foi inspirado na cooperativa de presidiárias de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, no Pará, de acordo com uma reportagem da BBC News Brasil.

“Quando explicamos o projeto, poucas presas quiseram participar. Depois, uma foi contando para a outra e chegamos em 30 pessoas. Hoje, o presídio inteiro quer entrar”, afirmou o vice-presidentes de operações da ONG, Ricardo Anderáos.

Leia também: Detentos produzem 200 mil peças de eletroeletrônica em presídio

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cooperativa funciona em três salas pequenas numa área separada das celas onde as presidiárias ficam alojadas. Todos os dias, elas deixam as celas para trabalhar e manter a cabeça ocupada – bem longe de confusões que podem agravar sua situação na cadeia.

“Um dos pontos chaves da violência social é a questão carcerária. O encarceramento em massa alimenta facções criminosas, pois em geral você coloca pessoas condenadas por delitos não violentos para serem alistadas por grupos de criminosos”, explica Anderáos.

Graças à cooperativa, as detentas conseguem remissão de pena – um dia de pena para cada três trabalhados – e se comprometem a dividir o lucro dos produtos comercializados.

Há alguns meses as ‘sócias’ da cooperativa participam de oficinas de desenho, costura, artesanato e design. A ideia é formar profissionais com múltiplas habilidades, espírito empreendedor e deixar a criatividade tomar conta da elaboração dos produtos.

Em um futuro próximo, esses itens serão vendidos em lojas fora da prisão. O primeiro cliente da cooperativa será o próprio Governo de São Paulo, que se comprometeu a comprar as primeiras criações da cooperativa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das fotos: BBC News Brasil/Reprodução

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,056,852SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gari que faz biomedicina recebe apoio após sofrer preconceito: ‘Orgulho da minha profissão’

“As pessoas deveriam pensar um pouco antes de falar, palavras têm peso. Já não é uma profissão valorizada, e ainda tenho que passar por isso”, comentou Cleverson.

Menina de 8 anos escreve livros para que crianças se sintam representadas nas histórias e se motivem a ler

Tudo começou quando Selah Thompson tinha apenas 5 anos e se deu conta de que a maioria de seus colegas do jardim da infância...

O segredo para a longevidade? Dançar!!

Essa simpática vovó deu um show ao escutar a música no carro de sua neta, e veio o caminho todo até o carro dançando,...

Policial adota cinco filhos de vítima de homicídio após atender ocorrência no RN

Mais uma daquelas histórias que prova que o amor é uma escolha! A policial civil Flaviana Bezerra escolheu amar cinco filhos de uma vítima...

Uma compilação de vídeos com bebês escutando pela primeira vez

Já falamos algumas vezes aqui no Razões sobre pessoas que puderam escutar graças a um implante coclear, que é um aparelho implantado na orelha...

Instagram

Detentas tocam cooperativa de artesanato e costura em SP 2