Nesta prisão, detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance

No Centro de Detenção de Monroe, na Florida, EUA, eles não só acreditam em novas chances, como resolveram tratar essa oportunidade de reabilitar detentos e voltar para a sociedade de uma outra forma.

Eles uniram detentos com animais que sofreram maus tratos e foram abandonados. E engana-se quem pensa que essa ideia é de agora. Os primeiros animais chegaram há 21 anos. Inicialmente, eram apenas alguns patos. Hoje, são 150 animais de todas as espécies, como preguiças, alpacas, cavalos, entre outros. Uma verdadeira fazenda, chamada Monroe County Sheriff’s Office Animal Farm.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Achei que seriam apenas alguns porcos”, diz Mike Smith, um dos detentos.”Eu não sabia que iam ter cobras, lagartos, jacarés e tudo mais.”

Eles ficam em um espaço ao lado do presídio e quem os traz é uma instituição de rede de resgate de animais.

Leia também: Detentos diminuem pena estudando e trabalhando fora do presídio

Juntos, especialistas e prisioneiros, cuidam diariamente destes animais, e cerca de três vezes por semana é aberto para visitas e chega a receber 200 pessoas por dia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles me mantiveram concentrado”, explica Smith. “Espiritualmente, eles me ajudaram muito. Eu definitivamente não vou esquecê-los, isso é certo.”

Smith finaliza: “Fazer alguma coisa boa quando eu realmente estava em uma situação muito ruim me deu paz”.

Essa troca tem dado certo há mais de duas décadas: talvez seja pela empatia de se perceberem, detentos e animais, em situações semelhantes, talvez seja a oportunidade de trocarem afeto sem serem julgados, ou simplesmente pela bondade que potencialmente há em todos nós – e que os animais podem sempre ajudar a fazer florescer.

Leia também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alunos fazem emocionante surpresa para professor em último dia de aula

Menina vira melhor amiga de idoso e o cura da depressão

Ivete Sangalo compra todo algodão doce de vendedor e o convida para subir no trio

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance7

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance8

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance9

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance10

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance11

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance12

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance12

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance13

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance14

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance15

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance16

detentos cuidam de animais abandonados e ambos ganham uma nova chance18

Fonte: Hypeness e Narratively

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,419,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A expedição que adotou um cão abandonado no meio da floresta no Equador.

Um grupo expedicionistas Suecos, participavam das etapas finais de Campeonato do Mundo de Corridas de Aventura 430 milhas, quando notaram um cachorro perto deles....

Casal de mães acolhe menino autista e cego que esperou anos na fila de adoção

Claudiana e Luciana compartilham a vida juntas há 15 anos. Desde que se conheceram, sonhavam em ter um filho. Após mais de uma década...

Pai do ano: Gari que criou filha sozinho a forma em medicina

O gari Tales Pereira nem sempre teve uma vida fácil, mas isso não o impediu de ser o melhor ser humano possível e nos...

Policiais italianos renunciam vale-refeição e doam mais de R$ 160 mil para quem precisa

Policiais de Bari, na Itália, abriram mão do seu vale-refeição em favor daquelas pessoas que mais sofrem com os impactos da pandemia.  Eles juntaram todo...

Instagram