Detentos diminuem pena e garantem assistência às famílias produzindo camisetas (MG)

0
1613

Detentos da penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora (MG), ganharam a possibilidade de reduzir o tempo de pena e de gerar renda para eles próprios e seus familiares, através do projeto Camisetas Mudam o Mundo, iniciativa da Chico Rei.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O valor que os presos ganham pelo trabalho é dividido em três percentuais: 25% são destinados à conta pecúlio (uma espécie de conta-poupança judicial acessada quando ganharem a liberdade), 50% são destinados à assistência familiar ou pessoal (diminuindo os impactos causados pela ausência de um provedor da família) e 25% ficam com o Estado.

Os presos que terão a oportunidade laboral são selecionados pela Comissão Técnica de Classificação da Unidade.

Detentos diminuem pena e garantem assistência às famílias produzindo camisetas (MG) 2
Foto: Divulgação

Bruno Imbrizi, cofundador e diretor da Chico Rei, afirma:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Acreditamos que camisetas mudam o mundo através do impacto que podemos causar na comunidade, nas pessoas envolvidas no processo de criação/produção e naqueles que usam uma estampa para dizer o que pensam.”

Durante o mês de março, oficinas de costura e capacitação foram oferecidas para que o time da Ariosvaldo começasse a alinhavar uma história mais bonita.

Detentos diminuem pena e garantem assistência às famílias produzindo camisetas (MG) 3
Foto: Divulgação

O diretor geral da penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, Bruno Aguiar, aponta que:

“A instalação de uma unidade fabril dentro de uma Unidade Prisional é vista não apenas como uma oportunidade de sair do ócio, mas também de aprender uma nova profissão e trazer ao acautelado a reconquista do orgulho próprio. Muitos deles veem nesse trabalho a oportunidade de mostrar à família que são capazes.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça a história da Nanda e da Luiza (e veja a reação da Nanda ao ganhar um Notebook)

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.