Em pleno Dia dos Pais, hospital autoriza visita de filha que não via seu pai internado há 2 meses

Desde o fim de maio, Ismael Eugenio da Rocha, 29 anos, não via a filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após uma série de exames na Unidade de Cuidados Especiais (UCE) do Hospital Regional Norte, em Sobral (CE), ele foi diagnosticado com porfiria, uma doença neurológica rara que afeta o sistema nervoso e outros órgãos.

Setenta dias depois da internação, o cearense pediu aos médicos para ver Sara, sua filha caçula de 5 anos, como presente de Dia dos Pais, comemorado em todo o Brasil no último dia 8.

Respeitando todos os protocolos de segurança, a visita foi aprovada por unanimidade. Assim, pai e filha puderam se reencontrar na recepção da UCE, fora do leito, para evitar o contato da criança com outras pessoas internadas.

O reencontro não poderia ter sido mais emocionante. “O papai disse ‘eu te amo’ bem baixinho quando eu dei um abraço nele”, contou Sarinha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como presente do Dia dos Pais, a menina trouxe uma cartinha e uma foto para que o pai “guarde ao lado da cama e fique bom logo”. 🥺

dia dos pais hospital autoriza visita filha

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora – 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora, ganhe um brinde especial + frete grátisclique aqui.

Reabilitação

De acordo com o Hospital Regional Norte, a doença genética de Rocha compromete o movimento de todo o seu corpo. Por isso, ele está passando por um processo de reabilitação.

Estou muito feliz e emocionado. Ver minha filha me motiva a me recuperar”, disse o pai coruja, apesar da dificuldade na fala em virtude de uma traqueostomia, procedimento que facilita a respiração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde o início, sua esposa Francisca Sales de Sousa, 27 anos, o acompanha no hospital. Ela também afirma estar emocionada com a visita da filha.

“Fiquei muito feliz. Estava com saudades porque estou há dois meses longe dela”. Enquanto o pai se recupera, Sara está na casa de uma tia em Campanário, a 80 km de Sobral.

Importância da visita da filha

Para vencer a porfiria, é necessário que o paciente passe por uma reabilitação prolongada.

Quem explica isso é Thalianne Brito, coordenadora de Enfermagem da UCE, que ajuda os pacientes, incluindo Ismael, a lidar com o estresse do tratamento e reduzir sua ansiedade. “E para isso, nossa equipe quis proporcionar algo que ele desejava, que era ver a filha, para fortalecer o engajamento do paciente”, pontuou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A equipe médica de Ismael percebeu que a visita da filha seria importante para o processo de recuperação do paciente.

“Ele está consciente e orientado. Passa por um longo processo de reabilitação. O distanciamento familiar e a restrição de sua rotina estão diretamente relacionados à sua saúde mental e à forma como ele lida com a hospitalização e o diagnóstico. A visita da filha pode fazer com que ele lide com a internação e o tratamento de outra forma”, completou Raiza Ribeiro, psicóloga do HRN.

Sabia que agora o Razões tem um livro? O Que Eu Aprendi Até Agora – 50 Conselhos Inspiradores Para Uma Vida Cheia de Razões Para Acreditar! está em pré-venda até 15/08. Comprando o seu exemplar agora, ganhe um brinde especial + frete grátisclique aqui.

Veja também:

Fonte: Metrópoles
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Lego vai produzir 13 mil viseiras de proteção por dia para profissionais de saúde

A Lego anunciou que vai produzir 13 mil viseiras protetoras por dia para profissionais de saúde que combatem o coronavírus na Dinamarca. Uma das principais...

Mauricio de Sousa presenteia Monica Calazans, 1ª vacinada do Brasil contra Covid-19

A enfermeira Monica Calazans foi a primeira pessoa a receber a vacina contra o coronavírus no Brasil. E ganhou um presente super fofo do...

Professora doutora venezuelana recebe ajuda no Brasil e abre sala de ensino de línguas

A história da venezuelana Yhana Riobueno parece ter sido escrita por um autor de literatura sul-americano. A professora, que nasceu em Caracas e foi...

Professor de Bolso: aplicativo te ajuda a tirar dúvidas sem sair de casa

Dois estudantes de medicina que davam aulas particulares para pagar suas despesas (o dinheiro enviado pelos seus pais cobria apenas as necessidades básicas) perceberam...

Último garoto e treinador são retirados da caverna na Tailândia

O último garoto e o treinador do time de futebol amador ‘Javalis Selvagens’ foram retiradas da caverna na Tailândia.

Instagram