Dia Mundial da Adoção: após 2.710 dias em orfanato, menino rejeitado 6 vezes é acolhido por família amorosa

No dia 9 de novembro, celebramos o Dia Mundial da Adoção – data criada pelo norte-americano Hank Fortner para celebrar todos os modelos de família e conscientizar sobre a importância do ato.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aproveitando a data, contamos abaixo a história de Elijah Mays, menino de 9 anos que foi rejeitado por 6 lares adotivos e passou sete anos aguardando um acolhimento definitivo.

Em janeiro deste ano, Elijah foi adotado por Mandi e Jon Mays de Oklahoma City, nos Estados Unidos.

dia mundial adoção menino acolhimento orfanato

A família Mays cuidava de Elijah desde 2016 e, em 2019, o casal adotou outro menino, Judah, de 7 anos. “Essas duas crianças se encaixam maravilhosamente bem em nossa família“, disse Mandi ao portal GMA. “Decidimos que a adoção definitva era a peça final necessária”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É divertido estar perto dele”, disse Jon sobre Elijah. “Ele tem uma riqueza de conhecimento aleatório imperdível… ele pode contar a você todos os filmes da Marvel do começo ao fim”.

Jon explica que sua casa foi a 6ª que Elijah frequentou desde pequeno, seguindo o sistema de adoção norte-americano. Devido às idas e vindas e os traumas da rejeição, o menino tinha uma série de problemas comportamentais que foram se suavizando conforme experimentava o amor e acolhimento de seus novos pais adotivos.

dia mundial adoção menino acolhimento orfanato

“Quando você está em sua sexta casa desde bebê, sua [mentalidade] é: ‘Não se apegue a essas pessoas'”, reflete Jon. “Na primeira série, ele era um aluno que tirava nota A e recebeu um prêmio de melhor estudante. E assim, não conseguia compreender porque não tinha uma família que o amava”.

Felizmente, o passado de rejeição ficou para trás. “Agora ele se sente seguro conosco, e sabe que ganhou uma oportunidade que jamais será tirada dele. Somos sua família e o amamos. Ele vai ficar bem”, disse Mandi, mãe adotiva da criança.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

dia mundial adoção menino acolhimento orfanato

A oficialização da adoção foi feita no dia 22 de janeiro. Assim, Elijah esperou 2.710 dias no orfanato, entre idas, vindas e rejeições de outras famílias.

Ele se junta a seus novos irmãos, Judah e os filhos biológicos dos Mays, Harper, 16 e Dalton, 13.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para o assistente social Michael Danielson, que cuidou da burocracia estatal para que Elijah fosse adotado, Jon e Mandi são os pais perfeitos que os meninos poderiam ter.

“Ele teve problemas comportamentais no início, mas a estabilidade que eles deram a esse pequeno era exatamente o que ele precisava para se recuperar de todo o trauma que passou”, disse Michael. “Eles são a família perfeita para Elijah. É um daqueles raros lares, doces lares que se tornaram realidade.”

Jon disse que o filme favorito de Elijah é “Os Vingadores” e quando ele foi capaz de escolher seu nome do meio no processo de adoção, Elijah escolheu o nome “Stark”, em homenagem a Tony Stark – o personagem que se torna o super-herói Homem de Ferro.

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 8º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Upsocl
Fotos: Mandi Mays

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,970,136SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ADOTADO! Cãozinho que entrou em clínica veterinária no Ceará ganha novo lar e nome fofo: Quindim!

Ai, ai... como amamos finais felizes! Foi esse o desfecho do cãozinho que entrou sozinho na clínica veterinária de Juazeiro do Norte (CE) e...

Campina Grande, na Paraíba, trabalha para ter duas árvores por habitante

A cidade de Campina Grande, na Paraíba, tem hoje 100 mil árvores plantadas para uma população de 400 mil habitantes. Considerado um número baixo,...

Após buscar a igreja para “se curar”, ela só foi feliz ao se aceitar como transexual

Alee (Alessandra Prates) como gosta de ser chamada, fala muito sobre sua infância, que desde pequena já gostava de brincadeiras e brinquedos de meninas. Ela diz...

Padaria exibe filme e pipoca de graça para celebrar o Dia das Crianças

O Dia das Crianças é uma data especial, é o momento em que crianças e adultos podem brincar, se divertir e celebrar a data...

Como a reciclagem de vidro em SP vem transformando a vida de catadores como o Antonio

Quando nos reunimos com os amigos num bar ou num restaurante, já contou quantas garrafas de bebida consumimos? Para se ter uma ideia, em...

Instagram