Diretora da pré-escola vai trabalhar como Uber para comprar presente Natal para seus 50 alunos

Sabe aquelas histórias de amor ao próximo, que sempre têm cheirinho de Natal? A Renee Dixson protagonizou uma delas. Essa Diretora incrível foi trabalhar como Uber, pois queria juntar dinheiro para comprar presentes de Natal para todos os seus alunos. É para amar muito essa mulher, gente!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A maioria dos alunos matriculados na pré-escola da Igreja Batista Lynhurst, em Indianápolis, vêm de famílias que estão na linha de pobreza ou abaixo dela, de acordo com a diretora da pré-escola, Renee Dixon .

E todos os 50 alunos, mais seus irmãos, receberam presentes de Natal este ano graças a Renne, que passou suas noites e fins de semana como motorista de Uber a fim de ganhar dinheiro extra para comprar presentes para eles.

professora compra presente para alunos
Foto: Inspire More

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela lecionou durante 25 anos e começou a trabalhar como motorista do Uber há quatro anos, quando ainda dava aulas e precisava de dinheiro extra para comprar presentes para seus alunos. E continuou com a boa ação após virar Diretora, há dois anos.

Mesmo com a pandemia do coronavírus, Renee disse, semana passada, que foi capaz de arrecadar mais de US $ 2.500.

Além de dar presentes para seus alunos e seus irmãos, ela também deu um bônus de $ 50 para sua equipe de 12 professores.

O porta-voz da Uber, Levin Mitchel, disse que planeja igualar o dinheiro que Renee ganhou até o momento e doá-lo para ajudar seus alunos. “Com este presente, desejamos a Renée e seus alunos um feriado feliz e seguro.”, completou.

Ajudantes

Vendo o esforço nobre da Diretora, outras pessoas da comunidade e da escola se manifestaram para fazer algum tipo de doação. Renee já ganhou caixas com brinquedos e doações em dinheiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu sei o que é sentir-se triste quando criança porque seus pais não têm nada”, disse ela . “Essas crianças, o mundo delas virou de cabeça para baixo, não é culpa delas.

Renee compra brinquedos para alunos
Foto: reprodução Inspire More

Quando o perguntam o motivo de tanto esforço, a ela conta que se não fizesse isso por eles, os estaria decepcionando. “Todos sempre me disseram que tenho um grande coração”, acrescentou ela. “Eu disse: ‘Não, eu amo crianças.’

Se isso não é amar a profissão, eu não sei que é.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: GMA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jornalista espalha letras de Roberto Carlos pelas ruas de São Paulo

Quem circula pelas regiões central e oeste de São Paulo, já deve ter reparado em algumas lixeiras pixadas com letras de música. Os trechos...

Aos 34 anos, ex-sem teto ganha a primeira festa de aniversário com o tema dos sonhos: Ursinhos Carinhosos!

O Gabriel ajuda muita gente. Ele já morou nas ruas e depois de muito ralar, abriu um restaurante vegano que distribui quentinhas para quem...

Ambulante pedala 90 km todos os dias para vender doces

Só não compra os doces de Elias quem realmente não quer. Ele já passou até 10 centavos na máquina de cartão de crédito.

Professor faz desafio e aluno chora ao ligar para irmã pra dizer: “Eu te amo!” [VÍDEO]

A ideia do professor promoveu a reconciliação de Gustavo com sua irmã: "A ideia de brigar com ela me faz mal".

Conheça a nova escola na Índia que priorizará o ensino da felicidade e inteligência emocional

Você já pensou em uma escola em que o foco do ensino seja felicidade e inteligência emocional? Bom, se para você esse conceito é...

Instagram