Nunca antes um discurso foi tão atual como o de Chaplin no filme “O grande ditador”

Vivemos um momento político muito intenso, em que a população torna-se realmente ativa na luta por um país melhor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por isso, o discurso de um filme tão antigo cai como uma luva e torna-se mais atual do que nunca. Nele lemos sobre sentimentos que devem unir uma nação: bondade, ajudar, respeitar, entre outros.

Vale apena parar 4 minutos para ler ou assistir esse lindo conteúdo e refletir sobre o que queremos mesmo daqui para frente.

“Desculpem-me, mas eu não quero ser um Imperador, esse não é o meu objectivo.  Eu não pretendo governar ou conquistar ninguém.

Gostaria de ajudar a todos, se possível, judeus, gentios, negros, brancos. Todos nós queremos ajudar-nos uns aos outros, os seres humanos são assim. Todos nós queremos viver pela felicidade dos outros, não pela miséria alheia. Não queremos odiar e desprezar o outro. Neste mundo há espaço para todos e a terra é rica e pode prover para todos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O nosso modo de vida pode ser livre e belo. Mas nós estamos perdidos no caminho.

A ganância envenenou a alma dos homens, e barricou o mundo com ódio; ela colocou-nos no caminho da miséria e do derramamento de sangue.

Nós desenvolvemos a velocidade, mas sentimo-nos enclausurados. As máquinas que produzem abundância têm-nos deixado na penúria. O aumento dos nossos conhecimentos tornou-nos cépticos; a nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

O avião e o rádio aproximaram-nos. A própria natureza destas invenções clama pela bondade do homem, um apelo à fraternidade universal, à união de todos nós. Mesmo agora a minha voz chega a milhões em todo o mundo, milhões de desesperados, homens, mulheres, crianças, vítimas de um sistema que tortura seres humanos e encarcera inocentes. Para aqueles que me podem ouvir eu digo: “Não se desesperem”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,282,832SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

DJ cria cenários incomuns e engraçados pelas ruas, usando adesivos. “Eu quero fazer as pessoas sorrirem”

Rudy Willingham é produtor eletrônico, DJ e fotógrafo de drones. Ele vive em Seattle (EUA), onde já foi notícia em diversas mídias pelo seu...

Por dentro do melhor jardim de infância que você já viu

Nesta encantadora palestra, passeamos com ele por um projeto que realmente permite que as crianças sejam crianças.

Paraense recebe prêmio de melhor professora do Brasil

No dia 29 de dezembro foi comemorada a 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil. A professora paraense Lília Melo foi agraciada como a...

Menina de 2 anos ajuda pais deficientes visuais a caminhar e usar o celular 👼

A pequena Clarinha veio mesmo pra iluminar a vida dessa família. Ela é uma luz na casa de Marlene e Alex. Os dois são...

Projeto capacita professores da rede pública para trabalhar a sustentabilidade em sala de aula

O tema sustentabilidade faz cada vez mais parte da formação de professores de Santa de Parnaíba, no interior de São Paulo. Em parceria com...

Instagram

Nunca antes um discurso foi tão atual como o de Chaplin no filme "O grande ditador" 2