Dispositivo realiza exames como HIV, Zika e hepatite em 10 minutos

Rapidez e preço justo para exames realizados em laboratórios convencionais por preços que não cabem no bolso de todo mundo. Esse é o objetivo do Hilab, tecnologia que funciona como uma máquina de café expresso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A novidade é da Hi Technologies, uma empresa de Curitiba, focada em soluções para humanizar a área médica.  O Hilab cabe na palma da mão e realiza exames para a descoberta de HIV, Zika, Chikunguya, dengue, hepatite, gravidez, colesterol total, glicemia, entre outros. Um exame que custaria 150 reais em um laboratório convencional, com o dispositivo, dependendo da região do país, custa 50 ou 40 reais.

Leia também: Médico estudou Libras para se comunicar com pacientes surdos

O funcionamento do Hilab é bastante simples: o profissional de saúde fura o dedo do paciente com uma lanceta, pinga uma ou duas gotas de sangue em uma cápsula, que contém uma fita reagente, e o aparelho digitaliza a amostra e manda para a nuvem.

dispositivo exames laboratoriais rápidos baratos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então, no laboratório central do Hilab, em Curitiba, biomédicos acessam a “versão digital” produzida pelo aparelho, analisam e assinam o laudo digitalmente. Em poucos minutos, o arquivo chega para o profissional de saúde no aplicativo do serviço, onde cadastra os dados do paciente e acompanha a realização dos exames.

O jeito mais fácil de explicar o funcionamento do Hilab é fazer analogia com máquinas de café expresso. Ele também funciona com cápsulas, mas em vez de fazer café expresso, faz exame de sangue. O profissional coloca uma ou duas gotas de sangue na cápsula, que é descartável. O Hilab faz uma cópia digital da cápsula, e essa cópia digital é enviada para um laboratório de análises clínicas, certificado pelo Ministério da Saúde”, disse Marcus Figueiredo, fundador e CEO da Hi Technologies, ao Razões para Acreditar.

Dando agilidade ao exame, a ideia é que o médico inicie o tratamento do paciente o mais rápido possível. “Tudo isso acontece em 10 minutos mais ou menos. E justamente por que coletamos dedo do sangue do paciente, estamos falando de uma coleta que é indolor.”

dispositivo exames laboratoriais rápidos baratos

Leia também: Médico brasileiro renomado celebra cura de pacientes com palhaçadas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qualquer estabelecimento de saúde (farmácias, hospitais e pequenos laboratórios) pode adquirir o Hilab, desde que cumpra os requisitos necessários. Isso porque a startup não vende a tecnologia, mas cobra um percentual de cada laudo emitido.

“Cobramos pelo exame realizado. Por exemplo, se você faz o exame, e a cápsula não funciona ou o resultado é inválido, a gente não cobra. A ideia toda é que: todo mundo tenha acesso a uma tecnologia de ponta por um preço que todo mundo pode pagar.”

Para saber onde fazer exames com o Hilab ou para adquirir o dispositivo e se tornar um parceiro, visite o site do Hilab.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

dispositivo exames laboratoriais rápidos baratoscrédito das fotos: Reprodução/Hilab

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,277,197SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntariado corporativo motiva e integra as pessoas dentro de uma empresa

Voluntariado desenvolve competências necessárias ao mercado de trabalho Ganha força nas empresas uma ferramenta de desenvolvimento que independe de sua área de atuação, da formação...

Noiva com câncer terminal faz vaquinha para se casar: “Ele nunca saiu do meu lado”

As pessoas se solidarizaram e ajudaram a bater a meta inicial da vaquinha.

Médico ‘opera’ bicho de pelúcia para menino não se sentir sozinho em cirurgia

"Quando ele (Ryan) acordou da cirurgia, ele também viu seu amigo cheio de pontos e curativos e, então, ele entendeu que eles estavam passando pela mesma situação", disse o pai do menino.

Projeto da USP vai levar fogões solares para comunidades vulneráveis de São Paulo

A USP está com um projeto muito bacana, que levará fogões solares para as comunidades de baixa renda em São Paulo. Eles darão os fogões...

No Zoológico do futuro, não há gaiolas e os animais circulam livremente

Zoológicos são destinadas para os amantes dos animais, e ainda muitas pessoas que amam os animais não amam zoológicos. Enquanto é fascinante ver tigres...

Instagram

Dispositivo realiza exames como HIV, Zika e hepatite em 10 minutos 3